Uso ininterrupto do anticoncepcional pode dificultar a gravidez?

Uso ininterrupto do anticoncepcional pode dificultar a gravidez?

Atualizado: Quarta-feira, 26 Março de 2008 as 12

Provavelmente você já ouviu sua mãe ou sua avó lhe dizer uma conhecida teoria: "Se você ficar tomando anticoncepcional por muito tempo, isso fará com que tenha dificuldades para engravidar". Mas isso é verdade?

A médica ginecologista e obstetra, membro da Sociedade de Ginecologia e Obstétrica de Minas Gerais, diz que a afirmação não procede. "É pura lenda! Depois que as mulheres param de tomar anticoncepcional, 90% delas irão ovular três meses depois. Ele não vai provocar a perda de fertilidade ou aumento de dificuldade para se engravidar", diz Márcia.

A médica ressalta as vantagens do medicamento: "O que existe na verdade é a proteção que o anticoncepcional proporciona para muitas situações, como endometriose e câncer de ovários. Além disso, reduz as cólicas menstruais e regulariza o ciclo", enumera.

Formuladas com hormônios, as pílulas anticoncepcionais mais utilizadas são à base de progesterona e estrogênio. Originalmente, agem inibindo a ovulação já no primeiro ciclo de tratamento.

O mecanismo primário deste tipo de anticoncepcional oral é a suspensão da foliculogênese - desenvolvimento dos folículos dentro do ovário. Outra forma de atuação é a alteração do endométrio, tornando pouco receptivo para o óvulo.

Mas é preciso estar atento para a idade na qual se decide engravidar, já que pesquisas apontam que a facilidade é maior quando se é mais jovem.

Postado por: Claudia Moraes

veja também