Utilize a escova correta pós-clareamento dental

Utilize a escova correta pós-clareamento dental

Atualizado: Segunda-feira, 31 Outubro de 2011 as 1:22

Dentes bonitos, branquinhos e bem cuidados podem significar mais do que um belo sorriso, pode ser um diferencial, por exemplo, no ambiente profissional. “Trabalho em uma multinacional alemã, onde tenho contato diariamente com executivos de muitos países.  

Por isso, além da constante reciclagem profissional, busco manter uma aparência condizente com o cargo que ocupo. Meus dentes também fazem parte dos meus cuidados. Desta forma, faço a limpeza recomendada e um clareamento dental periodicamente”, relata a assistente administrativa Alessandra Noiman. 

Segundo o Professor, Mestre e Doutor em Odontologia da UNIBAN, Hugo Lewgoy, existem diversos procedimentos que podem clarear os dentes e dar um upgrade no sorriso.  

Nos tratamentos clareadores profissionais, realizados no consultório odontológico, pode-se ou não utilizar diferentes fontes luminosas como luzes do tipo Halógena, Led, Arco de Plasma ou Laser.  

Até mesmo o uso de um gel clareador oxidante fraco, que pode ser aplicado em casa, é uma boa alternativa de tratamento. Porém, independente da técnica escolhida, esta deve ser feita sempre com o acompanhamento e total supervisão de um cirurgião-dentista. Para prolongar os efeitos do clareamento dental, afirma o professor, após o tratamento deve ser realizada uma higiene oral minuciosa.  

Em uma recente pesquisa realizada no programa de Pós-Graduação da UNIBAN – Universidade Bandeirantes - verificou-se que a opção por um kit de higienização com escovas dentais com uma grande quantidade de cerdas, escovas interdentais de qualidade e escovas do tipo Unitufo, podem auxiliar a preservação do clareamento.

No tratamento, geralmente, são aplicados produtos oxidantes (peróxidos em diferentes concentrações), que penetram no esmalte do dente. Com a liberação do oxigênio, ocorre a quebra das moléculas dos pigmentos causadores das manchas.  

“Por isso, é importante uma escova dental ultramacia, com grande quantidade de cerdas como a CURAPROX de 5460, pois ela não vai agredir o esmalte que recebeu o produto clareador, proporcionando uma desorganização efetiva da placa bacteriana com maior suavidade, sem desgastar o esmalte ou machucar as gengivas. Por conseqüência, os dentes vão ficar por muito mais tempo “claros”, explica o Dr. Lewgoy.

Os dentes podem ficar escuros devido a várias causas, como por exemplo, o hábito do fumo ou a ingestão frequente de substancias como o café, chá, vinho tinto, alguns tipos de refrigerantes e condimentos corantes.  

Também o excesso de flúor, alguns tipos de antibióticos ou fatores hereditários podem ocasionar alterações na cor dos dentes. “Um dente também pode escurecer devido a um trauma ou necrose, ou como resultado da ação de restos de produtos que não foram limpos ou removidos corretamente após um tratamento endodôntico ou tratamento de “canal”, finaliza o professor. 

veja também