Vacina contra febre amarela é eficaz com dose 50 vezes menor

Vacina contra febre amarela é eficaz com dose 50 vezes menor

Atualizado: Segunda-feira, 6 Junho de 2011 as 10:24

Uma pesquisa com 900 militares revelou que a vacina contra febre amarela é eficaz mesmo se a dose for 50 vezes menor do que a injetada atualmente na população. O maior estudo já realizado para avaliar a imunização com doses mais baixas foi realizado por pesquisadores do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz), em parceria com o Instituto de Biologia do Exército.

?Esse trabalho é importante porque, se houver uma emergência de saúde pública, temos elementos que nos permitem aplicar a vacina diluída dessa forma em adultos?, diz Reinaldo de Menezes Martins, consultor sênior de Bio-Manguinhos e principal pesquisador do trabalho. O estudo foi apresentado durante o Simpósio Internacional de Imunobiológicos, organizado em maio pelo Bio-Manguinhos. Na próxima fase da pesquisa serão imunizadas crianças do Pará para saber se a eficácia se mantém também nesse público, explica o pesquisador.

A pesquisa mostrou que a eficácia da dose diluída 50 vezes é de 96,9% - praticamente a mesma da que é aplicada hoje (97,7%). Essa resposta se manteve nos 10 meses seguintes - a testagem será repetida nos próximos dez anos, para saber se a vacina fracionada tem a mesma garantia de uma década da dose completa. A redução da quantidade de partículas de vírus reduziu a dor no local da aplicação.

O grande desafio dos especialistas é obter um produto que consiga reduzir os casos de eventos adversos graves da vacina da febre amarela - a cada 300 mil pessoas imunizadas, 1 morre por efeito da vacina. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

AE

veja também