Vacina contra gripe comum pode elevar risco de ter H1N1

Vacina contra gripe comum pode elevar risco de ter H1N1

Atualizado: Quarta-feira, 7 Abril de 2010 as 12

Um grupo de pesquisadores canadenses constatou que as pessoas vacinadas contra a gripe sazonal estavam mais expostas ao risco de contrair o vírus H1N1 do que a média da população, segundo estudo publicado pela revista "PLoS Medicine".

Contudo, a pesquisa realizada no Canadá e dirigida por Danuta Skowronski, do Centro de Controle de Doenças de Vancouver, evita estabelecer um vínculo de causa e efeito entre os dois fatos, contentando-se em indicar uma "possibilidade".

Em um surto de casos de H1N1 registrado em uma escola canadense durante a primavera de 2009 no hemisfério norte, constatou-se que as pessoas que tossiam e tinham febre haviam sido mais vacinadas contra a gripe sazonal do que aquelas que continuaram saudáveis.

Quatro estudos foram lançados para verificar a existência de uma eventual relação entre 2.700 pessoas contaminadas em Colúmbia Britânica, Alberta, Ontário e Quebec.

O primeiro tentou verificar a proporção de pessoas vacinadas contra a gripe sazonal em 2008 entre as pessoas que sofreram com a H1N1 e entre aquelas que não contraíram o vírus.

O estudo confirmou que a vacina protegia bem contra a gripe sazonal, mas que parecia associada a um risco 68% maior de contrair o vírus H1N1.

Os outros três estudos deram resultados semelhantes.

Os cientistas afirmam, porém, que é muito cedo para tirar conclusões sobre os dados, já que os fenômenos constatados podem se dever a fatores que não foram levados em conta no estudo.

Afirmam também que a OMS (Organização Mundial de Saúde) recomendou que seja acrescentado um elemento H1N1 às vacinas preparadas para as próximas campanhas, o que deverá eliminar qualquer risco eventualmente vinculado às vacinas de 2009, que não o continham.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também