Vacinação contra o vírus da gripe reduz risco de morte por doenças cardíacas

Vacinação contra o vírus da gripe reduz risco de morte por doenças cardíacas

Atualizado: Segunda-feira, 12 Abril de 2010 as 12

Entre o público geral, existem dúvidas sobre os benefícios da vacinação contra o vírus da gripe (influenza sazonal ou comum), preconizada em idosos com mais de 60 anos.

Mesmo na classe médica, a influência da vacinação contra o vírus da gripe na mortalidade por doenças cardiovasculares (DCV) é controversa. Um estudo teve como objetivo analisar a mortalidade por DCV antes e depois do início da vacinação contra a gripe na cidade de São Paulo.

Analisou-se a mortalidade por doenças isquêmicas do coração (como o infarto do miocárdio), doenças cérebro-vasculares (como o derrame cerebral) e por causas externas na população da região metropolitana de São Paulo com idade maior que 60 anos, antes e depois do programa de vacinação contra a gripe.

As estimativas da população e os dados de mortalidade foram, respectivamente, obtidos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Ministério da Saúde para o período entre 1980 e 2006.

O risco de morte foi ajustado pelo método direto, em que se utilizou a população padrão (mundial) referente a 1960. As comparações entre as inclinações das linhas de regressão foram semelhantes para as doenças cérebro-vasculares e causas externas, porém, para as doenças isquêmicas do coração, observou-se significativa redução da linha do período pós-vacina quando comparada com a linha do período pré-vacina. Mudança na tendência da mortalidade após 1996 foi significativa somente para as doenças isquêmicas do coração, permanecendo inalterada para as doenças cérebro-vasculares e causas externas.

Os autores do levantamento concluíram que a vacinação contra a gripe associou-se a significativa redução da mortalidade por doença isquêmica do coração.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também