Veja propriedades das frutas que ajudam a controlar o peso

Veja propriedades das frutas que ajudam a controlar o peso

Atualizado: Quarta-feira, 6 Outubro de 2010 as 5:26

Todo mundo sabe que frutas e verduras são componentes essenciais para uma alimentação saudável, mas o que nem todos sabem é qual a função específica de cada fruta no organismo. Segundo a nutróloga Tamara Mazaracki, existem frutas que, por seus componentes, são mais eficazes para o controle do peso. Descubra quais são elas e porque devem fazer parte de sua dieta na galeria de fotos, clicando na aba acima.

"De modo geral são pobres em calorias e riquíssimas em nutrientes como vitaminas, minerais e fibras, mas o maior diferencial dessas frutas é a abundância de água, o que ajuda a dar saciedade e a estimular a função renal", disse. A profissional afirmou ainda que para conseguir suprir o organismo com todos os nutrientes necessários, o ideal é variar bastante na escolha das frutas a serem consumidas e não se restringir a um único tipo.

Framboesa: Podem ser consumidas sem culpa ou restrição. Compõem uma sobremesa ideal, já que algumas possuem sabor adocicado e são essenciais para substituir doces calóricos. Além disso, são as mais indicadas para os momentos de fome ao longo do dia, geralmente saciados com outros alimentos que estragam refeições importantes e possuem mais calorias.Framboesa: é uma poderosa aliada no combate às gorduras localizadas por ser um acelerador do organismo. Possui alto teor de fibras insolúveis que aceleram o transito intestinal, o que é essencial para se manter magro. Cada 50g de framboesa contém 30 calorias e seu consumo deve ser o mais freqüente possível, cerca de três vezes por semana. Com baixo índice glicêmico, a fruta fornece um arsenal de nutrientes como vitaminas A, C, E, zinco, potássio, cálcio, magnésio e ácido fólico Abacaxi: é rico em fibras, o que dá saciedade e diminui o apetite. Também é o responsável pela melhora no intestinal que ajuda a desinchar a barriga. Uma rodela de 2 cm possui em média 50 calorias e pode ser consumida com sempre. É fonte de nutrientes essenciais, como a bromelina, uma enzima que facilita a digestão, e é anti-inflamatória. Possui também um alto teor de potássio, que ajuda a reduzir a retenção de líquidos Maçã: uma maçã ingerida 20 minutos antes de uma refeição tem grande ação no controle da fome. Reduz a acidez estomacal, a síndrome do intestino irritável e a pectina acelera o transito intestinal, evitando os gases e dificultando a absorção das gorduras. A pectina colabora para um esvaziamento gástrico mais lento, segurando a fome, reduz a absorção dos carboidratos ingeridos, diminuindo a quantidade de gordura que o corpo estoca. Também tem ação diurética. Cajú: desincha o corpo por ser rico em vitamina C, potente antioxidante. Um copo de suco contém 200 mg de vitamina C, contra 60 mg presentes no suco da laranja. O alto conteúdo de fibras estimula o sistema digestivo e o intestinal. Cada 100g de caju fornece 35 calorias. Além disso, possui betacaroteno, complexo B, cálcio, magnésio, manganês, potássio, fósforo e ferro, mais fibras solúveis e insolúveis e compostos fenólicos Mamão: contém papaína, uma enzima que auxilia na digestão dos alimentos e na absorção de nutrientes pelo organismo. Por ser muito rico em fibras ele tem propriedade laxante e estimuladora da função intestinal, o que ajuda na perda de quilinhos e posterior manutenção do peso corporal. Sua versão verde é grande fonte de papaína e costuma ser preparado como um doce em calda. Cada 100g de mamão tem 60 calorias

Todo mundo sabe que frutas e verduras são componentes essenciais para uma alimentação saudável, mas o que nem todos sabem é qual a função específica de cada fruta no organismo. Segundo a nutróloga Tamara Mazaracki, existem frutas que, por seus componentes, são mais eficazes para o controle do peso. Descubra quais são elas e porque devem fazer parte de sua dieta na galeria de fotos, clicando na aba acima.

"De modo geral são pobres em calorias e riquíssimas em nutrientes como vitaminas, minerais e fibras, mas o maior diferencial dessas frutas é a abundância de água, o que ajuda a dar saciedade e a estimular a função renal", disse. A profissional afirmou ainda que para conseguir suprir o organismo com todos os nutrientes necessários, o ideal é variar bastante na escolha das frutas a serem consumidas e não se restringir a um único tipo.

Framboesa: Podem ser consumidas sem culpa ou restrição. Compõem uma sobremesa ideal, já que algumas possuem sabor adocicado e são essenciais para substituir doces calóricos. Além disso, são as mais indicadas para os momentos de fome ao longo do dia, geralmente saciados com outros alimentos que estragam refeições importantes e possuem mais calorias.Framboesa: é uma poderosa aliada no combate às gorduras localizadas por ser um acelerador do organismo. Possui alto teor de fibras insolúveis que aceleram o transito intestinal, o que é essencial para se manter magro. Cada 50g de framboesa contém 30 calorias e seu consumo deve ser o mais freqüente possível, cerca de três vezes por semana. Com baixo índice glicêmico, a fruta fornece um arsenal de nutrientes como vitaminas A, C, E, zinco, potássio, cálcio, magnésio e ácido fólico Abacaxi: é rico em fibras, o que dá saciedade e diminui o apetite. Também é o responsável pela melhora no intestinal que ajuda a desinchar a barriga. Uma rodela de 2 cm possui em média 50 calorias e pode ser consumida com sempre. É fonte de nutrientes essenciais, como a bromelina, uma enzima que facilita a digestão, e é anti-inflamatória. Possui também um alto teor de potássio, que ajuda a reduzir a retenção de líquidos Maçã: uma maçã ingerida 20 minutos antes de uma refeição tem grande ação no controle da fome. Reduz a acidez estomacal, a síndrome do intestino irritável e a pectina acelera o transito intestinal, evitando os gases e dificultando a absorção das gorduras. A pectina colabora para um esvaziamento gástrico mais lento, segurando a fome, reduz a absorção dos carboidratos ingeridos, diminuindo a quantidade de gordura que o corpo estoca. Também tem ação diurética. Cajú: desincha o corpo por ser rico em vitamina C, potente antioxidante. Um copo de suco contém 200 mg de vitamina C, contra 60 mg presentes no suco da laranja. O alto conteúdo de fibras estimula o sistema digestivo e o intestinal. Cada 100g de caju fornece 35 calorias. Além disso, possui betacaroteno, complexo B, cálcio, magnésio, manganês, potássio, fósforo e ferro, mais fibras solúveis e insolúveis e compostos fenólicos Mamão: contém papaína, uma enzima que auxilia na digestão dos alimentos e na absorção de nutrientes pelo organismo. Por ser muito rico em fibras ele tem propriedade laxante e estimuladora da função intestinal, o que ajuda na perda de quilinhos e posterior manutenção do peso corporal. Sua versão verde é grande fonte de papaína e costuma ser preparado como um doce em calda. Cada 100g de mamão tem 60 calorias

Todo mundo sabe que frutas e verduras são componentes essenciais para uma alimentação saudável, mas o que nem todos sabem é qual a função específica de cada fruta no organismo. Segundo a nutróloga Tamara Mazaracki, existem frutas que, por seus componentes, são mais eficazes para o controle do peso. Descubra quais são elas e porque devem fazer parte de sua dieta na galeria de fotos, clicando na aba acima.

"De modo geral são pobres em calorias e riquíssimas em nutrientes como vitaminas, minerais e fibras, mas o maior diferencial dessas frutas é a abundância de água, o que ajuda a dar saciedade e a estimular a função renal", disse. A profissional afirmou ainda que para conseguir suprir o organismo com todos os nutrientes necessários, o ideal é variar bastante na escolha das frutas a serem consumidas e não se restringir a um único tipo.

Framboesa: Podem ser consumidas sem culpa ou restrição. Compõem uma sobremesa ideal, já que algumas possuem sabor adocicado e são essenciais para substituir doces calóricos. Além disso, são as mais indicadas para os momentos de fome ao longo do dia, geralmente saciados com outros alimentos que estragam refeições importantes e possuem mais calorias.Framboesa: é uma poderosa aliada no combate às gorduras localizadas por ser um acelerador do organismo. Possui alto teor de fibras insolúveis que aceleram o transito intestinal, o que é essencial para se manter magro. Cada 50g de framboesa contém 30 calorias e seu consumo deve ser o mais freqüente possível, cerca de três vezes por semana. Com baixo índice glicêmico, a fruta fornece um arsenal de nutrientes como vitaminas A, C, E, zinco, potássio, cálcio, magnésio e ácido fólico Abacaxi: é rico em fibras, o que dá saciedade e diminui o apetite. Também é o responsável pela melhora no intestinal que ajuda a desinchar a barriga. Uma rodela de 2 cm possui em média 50 calorias e pode ser consumida com sempre. É fonte de nutrientes essenciais, como a bromelina, uma enzima que facilita a digestão, e é anti-inflamatória. Possui também um alto teor de potássio, que ajuda a reduzir a retenção de líquidos Maçã: uma maçã ingerida 20 minutos antes de uma refeição tem grande ação no controle da fome. Reduz a acidez estomacal, a síndrome do intestino irritável e a pectina acelera o transito intestinal, evitando os gases e dificultando a absorção das gorduras. A pectina colabora para um esvaziamento gástrico mais lento, segurando a fome, reduz a absorção dos carboidratos ingeridos, diminuindo a quantidade de gordura que o corpo estoca. Também tem ação diurética. Cajú: desincha o corpo por ser rico em vitamina C, potente antioxidante. Um copo de suco contém 200 mg de vitamina C, contra 60 mg presentes no suco da laranja. O alto conteúdo de fibras estimula o sistema digestivo e o intestinal. Cada 100g de caju fornece 35 calorias. Além disso, possui betacaroteno, complexo B, cálcio, magnésio, manganês, potássio, fósforo e ferro, mais fibras solúveis e insolúveis e compostos fenólicos Mamão: contém papaína, uma enzima que auxilia na digestão dos alimentos e na absorção de nutrientes pelo organismo. Por ser muito rico em fibras ele tem propriedade laxante e estimuladora da função intestinal, o que ajuda na perda de quilinhos e posterior manutenção do peso corporal. Sua versão verde é grande fonte de papaína e costuma ser preparado como um doce em calda. Cada 100g de mamão tem 60 calorias

Todo mundo sabe que frutas e verduras são componentes essenciais para uma alimentação saudável, mas o que nem todos sabem é qual a função específica de cada fruta no organismo. Segundo a nutróloga Tamara Mazaracki, existem frutas que, por seus componentes, são mais eficazes para o controle do peso. Descubra quais são elas e porque devem fazer parte de sua dieta na galeria de fotos, clicando na aba acima.

"De modo geral são pobres em calorias e riquíssimas em nutrientes como vitaminas, minerais e fibras, mas o maior diferencial dessas frutas é a abundância de água, o que ajuda a dar saciedade e a estimular a função renal", disse. A profissional afirmou ainda que para conseguir suprir o organismo com todos os nutrientes necessários, o ideal é variar bastante na escolha das frutas a serem consumidas e não se restringir a um único tipo.

Framboesa: Podem ser consumidas sem culpa ou restrição. Compõem uma sobremesa ideal, já que algumas possuem sabor adocicado e são essenciais para substituir doces calóricos. Além disso, são as mais indicadas para os momentos de fome ao longo do dia, geralmente saciados com outros alimentos que estragam refeições importantes e possuem mais calorias.Framboesa: é uma poderosa aliada no combate às gorduras localizadas por ser um acelerador do organismo. Possui alto teor de fibras insolúveis que aceleram o transito intestinal, o que é essencial para se manter magro. Cada 50g de framboesa contém 30 calorias e seu consumo deve ser o mais freqüente possível, cerca de três vezes por semana. Com baixo índice glicêmico, a fruta fornece um arsenal de nutrientes como vitaminas A, C, E, zinco, potássio, cálcio, magnésio e ácido fólico Abacaxi: é rico em fibras, o que dá saciedade e diminui o apetite. Também é o responsável pela melhora no intestinal que ajuda a desinchar a barriga. Uma rodela de 2 cm possui em média 50 calorias e pode ser consumida com sempre. É fonte de nutrientes essenciais, como a bromelina, uma enzima que facilita a digestão, e é anti-inflamatória. Possui também um alto teor de potássio, que ajuda a reduzir a retenção de líquidos Maçã: uma maçã ingerida 20 minutos antes de uma refeição tem grande ação no controle da fome. Reduz a acidez estomacal, a síndrome do intestino irritável e a pectina acelera o transito intestinal, evitando os gases e dificultando a absorção das gorduras. A pectina colabora para um esvaziamento gástrico mais lento, segurando a fome, reduz a absorção dos carboidratos ingeridos, diminuindo a quantidade de gordura que o corpo estoca. Também tem ação diurética. Cajú: desincha o corpo por ser rico em vitamina C, potente antioxidante. Um copo de suco contém 200 mg de vitamina C, contra 60 mg presentes no suco da laranja. O alto conteúdo de fibras estimula o sistema digestivo e o intestinal. Cada 100g de caju fornece 35 calorias. Além disso, possui betacaroteno, complexo B, cálcio, magnésio, manganês, potássio, fósforo e ferro, mais fibras solúveis e insolúveis e compostos fenólicos Mamão: contém papaína, uma enzima que auxilia na digestão dos alimentos e na absorção de nutrientes pelo organismo. Por ser muito rico em fibras ele tem propriedade laxante e estimuladora da função intestinal, o que ajuda na perda de quilinhos e posterior manutenção do peso corporal. Sua versão verde é grande fonte de papaína e costuma ser preparado como um doce em calda. Cada 100g de mamão tem 60 calorias

veja também