Vigilância Sanitária investiga morte de 11 bebês em maternidade de AL

Vigilância Sanitária investiga morte de 11 bebês em maternidade de AL

Atualizado: Quarta-feira, 28 Abril de 2010 as 12

Uma equipe da Vigilância Sanitária de Alagoas fez uma inspeção nesta terça-feira na maternidade Santa Mônica, ligada à Universidade de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), para investigar as causas da morte de 11 bebês ocorridas no local desde o último dia 20.

A diretora da maternidade, Sirlene Patriota, entregará um relatório nesta quarta (28), em Maceió, aos coordenadores da Vigilância Sanitária estadual e municipal.

De acordo com a Secretaria da Saúde, após a entrega do relatório as equipes continuarão fazendo a inspeção na unidade, que é referência em Alagoas no atendimento de gestantes e bebês de alto risco.

Defensoria

O coordenador do Núcleo da Saúde da Defensoria Pública de Alagoas, Othoniel Pinheiro, visitou a maternidade nesta terça-feira e encaminhou um ofício à direção do hospital cobrando informações sobre a morte dos bebês e a falta de materiais na maternidade.

"Pedimos que ela relatasse o tempo que esta situação não é resolvida. Porque se isso anda acontecendo com frequência, é necessário, também, que ela emita um parecer informando se o órgão está apto ou não para continuar funcionando", disse o defensor.

De acordo com a defensoria, a diretora do hospital prometeu responder o ofício até esta quarta. Por telefone, ela disse que, das 19 mortes ocorridas em abril, 3 foram por infecção hospitalar.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também