Vivendo uma vida mais magra

Vivendo uma vida mais magra

Atualizado: Quinta-feira, 12 Junho de 2008 as 12

Um prato de cenouras em tiras e peito de frango cozido, provavelmente, não são de dar água na boca, não é? Quando é para perder peso, muita gente acha que terá que limitar-se a dieta sem graça. Mas, tendo em vista a grande variedade de alimentos disponíveis, isso não é verdade.

Se você quiser gastar um tempinho reunindo pratos altamente calóricos, como uma lasanha, quem disse que não dá para, com um pequeno esforço, criar algo que tenha tanto sabor e que também seja saudável? Eis algumas idéias que podem mudar sua atitude em relação à alimentação saudável:

Pense para frente

Quando é que você mais quer um lanchinho? Não é vendo TV, à noite, sentado trabalhando, lendo um livro ou relaxando em sua cadeira predileta? Já sabendo as horas dos lanches, dá para planejar ou o lanche ou uma atividade relativa. Por exemplo, faça uma caminhada ou beba um copo d'água uns minutos antes de comer pode ajudar a não comer muito.

Tente temperar os alimentos de modo mais saudáveis

Há muitas maneiras de temperar os alimentos reduzindo o sal, as gorduras e as calorias. Alho ou gengibre cru complementam a maioria das carnes e vegetais. Para temperar realmente, experimente wasabi-um popular condimento japonês.

Aprenda novas maneiras de temperar vegetais

Experimente usar vegetais de cozimento lento apenas com uma gota de azeite e outros temperos, para dar sabor, ao invés de molhos de queijo ou glaçados de açúcar. Cenouras, nabo, beterraba, cebola e erva-doce são ótimos e servem como alternativas saudáveis.

Não se dê moleza

Porções exageradas podem parecer ótimas quando a gente come fora mas, muitas vezes, fica mais caro a longo prazo. Escolha com carinho os restaurantes aonde ir e os itens que você irá pedir. Uma estratégia é fazer o que os cozinheiros tentam fazer. Peça antes uma salada de entrada para encher a mesa. Assim dá para experimentar várias coisas, sem se sobrecarregar exageros.

Seja exigente

Decida usar apenas alimentos frescos, carnes não industrializadas, temperos caseiros e simples, alimentos bem preparados. É possível, mesmo que você não tenha muito tempo ou dinheiro para gastar. Com certeza, dá para fazer umas visitas a mais ao mercado e à feira para obter alimentos sem conservantes, mas ficará mais fácil atingir sua meta de ser exigente com o que come.

Seguindo essas sugestões úteis, dá para viver uma vida mais magra e com benefícios e recompensas mais tangíveis e saudáveis.

Postado por: Claudia Moraes

veja também