Abeta apresenta pesquisa inédita sobre perfil do turista de aventura

Abeta apresenta pesquisa inédita sobre perfil do turista de aventura

Atualizado: Quinta-feira, 12 Novembro de 2009 as 12

A Associação Brasileira de Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (Abeta) apresentou dia 10, terça-feira, dados de uma pesquisa inédita feita sobre o perfil do turista de ecoturismo e turismo de aventura no Brasil. Segundo o presidente da Abeta, Jean-Claude Razel, o público brasileiro está sendo atraído principalmente pelos destinos com atrativos aquáticos e também por lugares de características folclóricas, que apresentem o lado cultural do país. Ele acrescentou que o perfil do turista de aventura está mudando, com uma tendência cada vez maior de famílias praticarem essa atividade.

Outro assunto abordado por Razel foi a expectativa em relação à Copa e às Olimpíadas: "Tenho certeza de que o ecoturismo e o turismo de aventura serão incrementados com estes eventos. O público que vem ao Brasil para acompanhá-los é formado principalmente por jovens, do sexo masculino e que gostam de esportes, um perfil bastante relevante para estas práticas".

A pesquisa foi apresentada durante o Seminário Técnico Destino de Aventura Segura, que foi realizado nos dias 10 e 11, na Universidade Veiga de Almeida (UVA). O coodenador geral da Abeta, Gustavo Timo, apresentou durante o evento os principais objetivos do programa Aventura Segura, uma das iniciativas da instituição, e as metas da realização.

"Queremos principalmente estabelecer novas parcerias e fazer uma avaliação final do programa Aventura Segura, projeto de fortalecimento, qualificação, certificação do turismo de aventura no Brasil".

A coordenadora do curso de turismo da Universidade Veiga de Almeida, Selma Azevedo, destacou a importância da realização do evento: "Queremos aproximar os alunos do curso do ambiente de trabalho, fazendo uma ponte entre o universo acadêmico e a prática profissional. Já realizamos outros eventos como esse. Em setembro, por exemplo, recebemos um ciclo de palestras com profissionais do turismo de aventura", concluiu.

Programa Aventura Segura - Esta iniciativa  do Ministério do Turismo, em parceria com o Sebrae Nacional e execução da Abeta, foi avaliada hoje no Seminário. O programa conta com 4,84 mil pessoas qualificadas em 16 destinos turísticos de 13 estados brasileiros por meio de cursos de Gestão Empresarial e Cursos e Qualificação para Voluntários, entre outros.

Números do segmento de Ecoturismo e Turismo de Aventura - Durante o 4º Salão do Turismo, realizado em julho, das 1,7 mil pessoas entrevistadas, 34,3% apontaram o Ecoturismo e o Turismo de Aventura como atividades para suas próximas viagens, atrás apenas do Turismo de Sol e Praia. No ano passado o segmento registrou lucro nacional de R$ 490 milhões, segundo a Abeta.

veja também