Acompanhe dicas e cuidados para uma viagem sobre rodas

Acompanhe dicas e cuidados para uma viagem sobre rodas

Atualizado: Quinta-feira, 15 Abril de 2010 as 12

Prepare-se para uma "road trip" nos EUA. Para começar, as condições são favoráveis: a malha viária é ampla e quase sempre tem boas estradas.

O respeito às leis de trânsito é de dar inveja a quem está acostumado às ruas e estradas brasileiras. A gasolina é relativamente barata, assim como o aluguel de carros. Em cidades grandes, como Las Vegas e, principalmente, Los Angeles, onde as distâncias são grandes, ter um carro também pode poupar muito tempo.

Se o orçamento permitir, alugue um veículo com tração nas quatro rodas, já que há muitas estradas de terra. As melhores tarifas de locação são praticadas nas grandes cidades costeiras da Califórnia, como São Francisco e Los Angeles, talvez distantes demais do árido coração do sudoeste.

Las Vegas é a melhor base para conhecer o sul de Utah e o norte do Arizona. As estradas não são só um reduto de carros de passeio e jipes 4x4. Impressiona a quantidade de trailers e "motor-homes" e de motoqueiros mais velhos, duas formas clássicas de viajar pelo país.

Estrada-mãe

Algumas estradas são lendárias, como a mãe de todas, a Rota 66, que foi a principal ligação entre o leste e o oeste, de Chicago a Los Angeles, até o fim da década de 50, quando foi substituída pelas vias expressas, as chamadas "freeways".

Por ali passaram poetas "beatniks", "hippies", artistas, aventureiros e empreendedores de todo o tipo, que ajudaram a moldar a cultura do oeste no imaginário global. Para muitos, seguir a oeste significava ir atrás de oportunidades e melhores condições. E, para todos, sempre significou liberdade.

Apesar de alguns trechos cênicos da estrada --como a subida para a "cidade fantasma" de Oatman, na fronteira do Arizona com a Califórnia-- ainda estarem preservados, há muitas coisas além da Rota 66. Por toda a região há uma profusão de "scenic drives", estradas de reconhecida beleza natural. Algumas precauções são necessárias. Se for viajar no verão, leve bastante água. Em qualquer época, cuidado com os animais que cruzam as pistas, principalmente dentro e perto dos parques nacionais.

Nessas áreas, o mais sensato é não dirigir à noite --e usar GPS. O maior trunfo de estar de carro é tomar as rédeas do seu tempo e alcançar ao que há de ser a essência de qualquer viagem: a sensação de liberdade.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também