Aeroporto de Joinville (SC) poderá ser ampliado

Aeroporto de Joinville (SC) poderá ser ampliado

Atualizado: Terça-feira, 20 Outubro de 2009 as 12

Representantes da Infraero e da Prefeitura de Joinville (SC) discutiram a formalização de acordo que permitirá a ampliação do aeroporto local e a expansão do número de voos. Em reunião na última quinta-feira, na sede da Prefeitura, técnicos da Infraero explicaram aos secretários municipais, Eni Voltolini  - de Integração e Desenvolvimento Econômico - e Eduardo Dalbosco - de Planejamento, Orçamento e Gestão- os investimentos planejados, conforme o PDA (Plano de Desenvolvimento do aeroporto), de 2003. O prefeito Carlito Merss acompanhou parte da reunião.

Na ocasião, o assessor especial da Presidência, Paulo Sergio Ramos Pinto, e o gerente de Análise Operacional, Fernando de Oliveira Vieira, esclareceram que o projeto de ampliação da pista de pouso só poderá ser realizado mediante garantia de que haverá a incorporação ao aeroporto de áreas laterais à pista, além da anexação da área destinada à extensão da pista. Outras ações necessárias são a construção de contorno rodoviário - em substituição a uma rua que está muito próxima à cabeceira 15 da pista - e a alteração do curso do Rio Cubatão, necessária para liberação da área destinada à ampliação da pista.

Essas providências, segundo estimativas da Prefeitura, deverão custar cerca de R$ 23,1 milhões, exceto a desapropriação das áreas laterais à pista, ainda sem avaliação. A Prefeitura pode assumir parte dessas despesas, mas pleiteou que outra parte seja oriunda de verbas federais. Os investimentos que caberão à Infraero serão a elaboração dos projetos e, depois, a execução das obras. Os projetos estão estimados em R$ 500 mil.

O superintendente local da Infraero, Sergio Santiago, destacou que o esforço para aumentar a infraestrutura do aeroporto será fundamental para o desenvolvimento da cidade. "Joinville tem um pólo industrial muito forte e a ampliação do aeroporto é fundamental para estimular o aumento de vôos e a criação de novas rotas, importantes para a economia local", concluiu.

Na reunião, a Infraero também apresentou proposta de celebração de Acordo de Cooperação Técnica com a Prefeitura para a integração dos planejamentos urbano e aeroportuário. A Intenção é apoiar o município no planejamento e controle do uso do solo na área de influência do aeroporto. A Prefeitura declarou-se interessada na parceria.

Retomada de voos

A Prefeitura de Joinville iniciou o corte das árvores que prejudicavam a visibilidade no aeroporto, fato que levou à restrição de voos noturnos e à conseqüente redução de rotas que partem do terminal. A empresa responsável pelo corte das árvores iniciou os trabalhos no dia 23 de setembro e tem prazo de 30 dias para concluir o serviço. Mas o retorno de pelo menos um voo poderá ocorrer antes mesmo desse prazo.

O superintendente local da Infraero, Sergio Santiago, explica que a aeronave partia regularmente no horário das 18h. Com o horário de verão, uma hora a menos, a visibilidade melhora. "Fomos informados de que a companhia aérea poderá reabilitar o voo em razão da melhoria das condições de visibilidade no horário de verão", diz.

veja também