Aeroportos em obras vão ganhar áreas provisórias para conforto dos passageiros

Aeroportos em obras vão ganhar áreas provisórias para conforto dos passageiros

Atualizado: Quarta-feira, 14 Janeiro de 2009 as 12

Os aeroportos de Florianópolis (SC), Brasília (DF), Goiânia (GO), Vitória (ES) e Macapá (AP) passarão a contar com salas de embarque e desembarque provisórias dentro dos próximos meses. Segundo a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), em alguns desses terminais as novas áreas operacionais não deverão se limitar apenas aos setores de embarque e desembarque.

"São medidas contingenciais para manter o conforto do passageiro em um nível aceitável", afirma o diretor de Engenharia da estatal, Paulo Sérgio Ramos Pinto, em nota divulgada pela assessoria da empresa.

No caso do Aeroporto Internacional de Florianópolis, o contrato para a aquisição e montagem dos painéis modulares industrializados já foi assinado. O telhado será feito com telhas termo-acústicas e o piso, no lugara do tradicional mármore, será revestido com manta vinílica.

A estatal garante que isso irá garantir o conforto acústico do local, mesmo com a proximidade das salas ao pátio das aeronaves. A aquisição e a montagem, incluindo instalação de ar-condicionado, está orçada em R$ 2,26 milhões. A obra deve estar pronta em três meses.

A Infraero garante que as estruturas serão desmontadas quando as obras definitivas forem concluídas. As mesmas estruturas poderão ser aproveitadas em outros aeroportos. De acordo com a Infraero, essa técnica é utilizada em todo o mundo.

A estatal cita dois exemplos: o do aeroporto de Bruxelas, na Bélgica, onde há três anos as salas feitas de estruturas pré-fabricadas continuam sendo utilizadas pelos usuários do local e o aeroporto de Macaé (RJ), em que, há três meses, a Petrobras montou uma sala de embarque para garantir o conforto de quem tem que se deslocar para as plataformas petrolíferas da região.

veja também