Anac aprova fusão da TAM com chilena LAN

Anac aprova fusão da TAM com chilena LAN

Atualizado: Quinta-feira, 3 Março de 2011 as 1:02

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou a fusão da companhia aérea brasileira TAM com a chilena LAN, anunciada em agosto passado, faltando agora o sinal verde do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A operação também depende da aprovação dos órgãos reguladores no Chile, onde o processo foi paralisado provisoriamente em janeiro passado pelo Tribunal de Defesa da Livre Concorrência perante uma apelação de uma organização de consumidores.

Embora a Anac não tenha divulgado os detalhes de sua decisão nem esclarecido se estabeleceu alguma condição para a fusão, a assessoria de imprensa do organismo informou que a aprovação será publicada na edição desta quinta-feira do "Diário Oficial da União".

A TAM, por sua vez, divulgou um comunicado em disse ter recebido uma informação sobre o "resultado positivo", mas esclareceu que ainda não foi notificada sobre a decisão.

As ações da companhia na Bolsa de São Paulo (Bovespa) reagiram com alta ao anúncio da aprovação.

Para obter a autorização sem violar a lei brasileira que limita a participação de companhias estrangeiras na propriedade de companhias aéreas, a TAM indicou em seu pedido à Anac que 80% do capital votante da empresa permanecerá em mãos brasileiras.

A empresa brasileira afirmou que, apesar da fusão, as duas companhias continuarão operando com os respectivos nomes.

Segundo o anúncio feito pela TAM e pela LAN em agosto passado, a fusão dará origem ao grupo Latam, um dos dez maiores do mundo no mercado aéreo, com vendas anuais calculadas em US$ 8,5 bilhões.

veja também