Aos 70 anos, Parque Nacional da Serra dos Órgãos 40RJ41 está ainda mais atraente para os turistas

Aos 70 anos, Parque Nacional da Serra dos Órgãos 40RJ41 está ainda mais atraente para os turistas

Atualizado: Terça-feira, 1 Dezembro de 2009 as 12

O ministro de Estado do Turismo, Luiz Barretto, participou nesta segunda-feira, dia 30, das comemorações do aniversário de 70 anos do Parque Nacional da Serra dos Órgãos (RJ) - Parnaso. Serão inauguradas diversas obras de infraestrutura turística realizadas a partir da ação conjunta entre o Ministério do Turismo (MTur) e o Ministério do Meio Ambiente (MMA). De acordo com a programação, a solenidade terá a presença também do ministro do MMA, Carlos Minc.

Os investimentos foram de cerca de R$ 3,5 milhões - R$ 2 milhões do MTur e R$ 1,5 milhão do MMA - e partiram do programa "Turismo nos Parques", lançado no fim de 2008 pelo governo federal. Entre as iniciativas no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, estão a inauguração de uma nova trilha suspensa, de 1,3km e 8m de altura, em madeira plástica, passando pela copa das árvores, paredões rochosos e cachoeiras do rio Paquequer e com rampa para acessibilidade; exposição para Centro de Visitantes; vídeo institucional com informações e orientações para visitantes; sinalização e folhetos bilíngües.

Durante a solenidade, foram homenageados servidores que ajudaram a construir a história do Parque. Além disso, o Instituto Chico Mendes assinou uma portaria que cria o Grupo de Esportes na Natureza. O objetivo é qualificar os gestores das unidades de conservação por todo o País e estimular a abertura dos parques nacionais para atividades esportivas.

O Parque

O Parque Nacional da Serra dos Órgãos foi criado em 1939 para proteger a paisagem e a biodiversidade deste trecho da Serra do Mar na região serrana do Rio de Janeiro. São 20 mil hectares protegidos nos municípios de Teresópolis, Petrópolis, Magé e Guapimirim.

Ele está situado no domínio da Mata Atlântica que, por ter sido reconhecida como um dos biomas mais críticos para a conservação da biodiversidade global, foi declarada pela Unesco Reserva da Biosfera, em 1991. A Serra dos Órgãos foi classificada pelo Ministério do Meio Ambiente como de extrema relevância para a conservação da flora.

No local, já foram registradas 462 espécies de aves, 83 de mamíferos e 101 de anfíbios, além de muitas espécies endêmicas e ameaçadas. Além da beleza e da importância da conservação de suas espécies, o Parque é um dos melhores locais do País para a prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada e rapel.

veja também