Arborizada e planejada, Goiânia se destaca por parques e museus

Arborizada e planejada, Goiânia se destaca por parques e museus

Atualizado: Sexta-feira, 8 Maio de 2009 as 12

Selecionada na lista dos 65 destinos que promovem o desenvolvimento turístico regional, segundo o Ministério do Turismo, Goiânia mistura características de uma cidade do interior com as de um grande centro urbano, com 1,250 milhão de habitantes.

Localizada no coração de Goiás, a cidade - fundada em 1933 para substituir a antiga capital do Estado, também Goiás - teve sua construção planejada, o que, desde o princípio, privilegiou a vegetação. O município é considerado a área urbana mais verde do país e a segunda no mundo, perdendo apenas para Edmonton, no Canadá.

São mais de 22 parques e bosques municipais, como o parque Sullivan Silvestre - Vaca Brava (avenidas T-3, T-5, T-10, T-15 e r. 66, entre os bairros de St. Bueno e Jd. América) e o bosque dos Buritis (al. dos Buritis, no setor oeste).

Reserva de proteção das nascentes do córrego Vaca Brava, o primeiro parque possui pista de cooper iluminada e lago com pedalinhos, onde são criados peixes ornamentais. Com uma área de 124.800 metros quadrados, o bosque dos Buritis se destaca também por abrigar o Museu de Arte de Goiânia, o Centro Livre de Artes, o Monumento à Paz e uma fonte que pode jorrar água a 60 m de altura, uma das maiores da América do Sul. Recém-reformado, o bosque conta também com três lagos artificiais.

Arquitetura, cultura e compras

Inspirado nas cidades-jardins do urbanista Ebenezer Howard, o projeto arquitetônico de Goiânia se destaca pelo uso de formas geométricas, sendo um grande acervo de construções do estilo denominado "art déco", como a pça. Cívica e a estação ferroviária Praça do Trabalhador, ambas no centro.

A cultura também encontra espaço na cidade em lugares como o Centro Cultural Oscar Niemeyer (rod. GO-020, próximo ao shopping Flamboyant), conjunto arquitetônico que leva a assinatura de Oscar Niemeyer e é composto por quatro edifícios, com um teatro, um memorial, um museu e uma biblioteca. Com um rico artesanato e novas grifes, Goiânia também é o paraíso das compras. Mulheres de todo o Brasil costumam frequentar a feira da Lua, buscando roupas e acessórios a preços populares (aos sábados, das 17h às 22h, na pça. Tamandaré, St. Oeste, tel. 0/xx/62 3524-1320).

veja também