Arquipélago de Fernando de Noronha proporciona rico contato com a natureza

Arquipélago de Fernando de Noronha proporciona rico contato com a natureza

Atualizado: Sexta-feira, 13 Fevereiro de 2009 as 12

Composto por 21 ilhas, o Arquipélago de Fernando de Noronha é Património Natural da Humanidade e um dos melhores sítios do mundo para a prática do mergulho. As suas águas apresentam uma visibilidade que pode chegar a 50 metros e abrigam peixes, raias, tubarões, tartarugas, moréias, barracudas, golfinhos, esponjas e algas, além das formações rochosas, dos recifes de corais e dos naufrágios. Repleta de paisagens únicas, Fernando de Noronha está no topo das preferências dos locais mais admirados por turistas do Brasil e extrangeiros que visitam o pais.

O Arquipélogo de Fernando de Noronha é um conjunto de ilhas, ilhotas e lajes denominada de arquipélogo e está situada no litoral do estado de Pernambuco, a maior parte do arquipélogo está sob proteção do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha criado em 1988.  

Ao redor dessa ilha maior, outras pequenas ilhas, rochedos e ilhotas compõem o cenário decantado por estudiosos e trovadores. A ilha principal, possui 17 km², com cerca de 10 km de comprimento e 3,5 km de largura máxima.

Seu perímetro é de, aproximadamente, 60 km. É acidentada, com diversas elevações, destacando-se o Morro do Pico, com 323 m de altura; o Morro do Espinhaço, com 223 m; o Morro do Francês, com 195 m; o Alto da Bandeira, com 160 m; o Morro do Curral, com 126 m; e o Morro de Sto. Antônio, com 105 m.

A ilha principal é a maior delas e onde se localiza quase toda à civilização do arquipélogo, nela podemos encontrar os sítios históricos de (Vila dos Remédios, Vila da Quixaba, ruínas dos Fortes de São Pedro do Boldró, de Sto. Antonio, de N.Sª da Conceição e Parque de Sant'Ana), as vilas residenciais de civis, a vila do Departamento de Proteção ao Vôo da Aeronáutica, o Aeroporto, a Creche, a Escola, o Hospital, a Usina Elétrica Tubarão, a Usina de Tratamento d'água Piraúna, a Usina de Dessalinização, a Usina de Tratamento de Lixo e os serviços de Telefonia.

Clima & Geografia

Clima Tropical, quente oceânico, de estações bem definidas. Pluviometria média de 1.300 mm anual, com maiores índices entre março e maio e estiagem entre agosto e janeiro. Temperatura média de 25,4° C. Ventos constantes, com direção predominante SE, velocidade média 6,6 m/seg. com maiores intensidades entre julho e agosto. Umidade relativa bastante constante, com média anual de 81%. Insolação média máxima no mês de novembro (312,5 h) e mínima em abril (216,8 h).

Mananciais Hídricos

Não existem cursos d'água perenes. As pequenas bacias, a reduzida capacidade de retenção de água e o clima de acentuada estiagem propiciam riachos temporários como: Riacho Mulungú (Praia do Cachorro), Córrego de Atalaia (Praia de Atalaia) e Riacho Maceió, mais importante, alimenta a Barragem do Xaréu que abastece a população (Baía do Sueste).

Como chegar

De avião, você tem duas opções. São dois vôos diários do Recife e dois de Natal. Para chegar pelo mar, você pode fazer um cruzeiro inesquecível à bordo de navios que visitam Noronha de outubro a fevereiro.

Informações sobre horários dos vôos:

Nordeste - Varig (fone: 0300 788 7000)

Melhor época para visitar

Em Fernando de Noronha, a temperatura média é de 28 graus na terra e 26 graus no mar, tendo apenas duas estações: uma seca (de setembro à março) e outra chuvosa (de abril à agosto), sendo que o período de chuva é caracterizado por chuvas esporádicas, intercaladas por sol intenso.

Origem e Localização

O arquipélago de Fernando de Noronha situa-se a quatro graus abaixo da linha do Equador, localizando-se nas coordenadas 3o 54'S de latitude e 32o 25'W de longitude. Distante 545 km de Recife, capital do Estado de Pernambuco e 360 km de Natal, capital do Estado do Rio Grande do Norte e 710 km da cidade de Fortaleza, capital do Estado do Ceará.

O Arquipélago é, na verdade, formado pelo topo das montanhas de uma cordilheira de origem vulcânica, com sua base localizada há cerca de 4.000 metros de profundidade: a Dorsa Mediana do Atlântico.

Área total do arquipélago

O arquipélago de Fernando de Noronha é constituído por 21 ilhas, rochedos e ilhotas com um total aproximado de 26 km², tendo a ilha principal a extensão de 17 km².

veja também