Associação dos EUA critica política 'antiquada' de vistos

Associação dos EUA critica política 'antiquada' de vistos

Atualizado: Quarta-feira, 18 Maio de 2011 as 9:20

A U.S. Travel Association, grupo que representa a indústria de turismo dos Estados Unidos, afirmou em novo relatório que seu país possui "processos antiquados de concessão de visto, o que acaba levando muitos turistas a outros países".

Segundo a associação, o trabalho é a primeira análise do impacto negativo que os processos de entrada e concessão de "vistos ineficientes e inesperados" tiveram sobre empregos, crescimento econômico e exportação.

A iniciativa faz parte do lobby para incrementar o programa de vistos americano, assim como a ampliação do número de paises no Visa Waiver Program (VWP, que isenta certos países do visto), incluindo o Brasil.     PLACA

O presidente do grupo, Roger Dow, afirmou que "como uma nação, estamos colocando uma placa de 'mantenha distância'".

Ele acrescentou que, "se instituirmos uma política de vistos mais inteligente, poderemos criar 1,3 milhão de empregos", o que adicionaria US$ 859 bilhões na economia americana até 2020.

Segundo a US Travel Association, "os Estados Unidos impõem barreiras desnecessárias para os visitantes internacionais, e isso inibe nosso crescimento econômico".

O relatório se chama "Ready for takeoff: A plan to create 1.3 million U.S. jobs by welcoming millions of international travelers" ("Prontos para decolar: Um plano para criar 1,3 milhão de empregos nos EUA dando as boas vindas a milhões de viajantes internacionais", em tradução livre).

Além desse estudo, a US Travel reativou a parceria Discover America, para unir um diverso grupo de acionistas em torno de uma campanha para que as recomendações do relatório sejam aceleradas.

Fazem parte do grupo a American Hotel and Lodging Association, National Restaurant Association, National Retail Federation e o US Chamber of Commerce, além da US Travel na liderança.

Leia mais no portal criado pela associação, sobre os procedimentos de vistos: smartervisapolicy.org .    

veja também