Azul prevê tarifa menor e "fim do apagão" com novo modelo

Azul prevê tarifa menor e "fim do apagão" com novo modelo

Atualizado: Terça-feira, 8 Novembro de 2011 as 10:15

O modelo turboélice consome menos combustível e, segundo o presidente da companhia, Pedro Janot, inicia uma "nova fase da aviação" que "resolverá definitivamente o apagão da aviação regional". Janot não estima, porém, de quanto será a queda de preço. Fala apenas em "médio prazo".

O número de voos diários deve saltar da média de 64 para 360 até 2015.

Hoje, o custo da operacionalização da aviação regional é encarecido por questões logísticas e de demanda, diz.

Os aviões serão incorporados, de acordo com ele, até 2015 --três neste ano. Os 40 aviões ART 72-600 custaram para a Azul US$ 850 milhões.

veja também