Bahia participa de workshop na Argentina

Bahia participa de workshop na Argentina

Atualizado: Quarta-feira, 10 Junho de 2009 as 12

Representantes do trade baiano participaram, na última terça-feira, do 10° workshop "Bahia Terra da Felicidade", realizado em Buenos Aires, na Argentina, com o objetivo de promover os voos charters que saem do país para Salvador e Porto Seguro. Realizada pela Thesys, principal operadora do País a comercializar o destino Bahia, o evento durou todo o dia e contou com a participação de operadores de viagens, hoteleiros, representantes de companhias aéreas, jornalistas e autoridades argentinas. A presidente da Bahiatursa, Emília Salvador Silva, também participou do evento.

Só os novos voos charters que saem daquele país e do Uruguai para Salvador e Porto Seguro pelas companhias aéreas Pluna e Andes devem trazer cerca de três mil passageiros, entre junho e outubro de 2009. Segundo a diretora de relações internacionais da Bahiatursa, Rosana Decat França, a conquista desses voos é resultado dos esforços promovidos pela Secretaria de turismo e da Bahiatursa desde 2007 para retomar o relacionamento com o mercado da Argentina.

"A Bahia é um importante destino para os argentinos que podem combinar várias experiências em uma mesma viagem. Além do sol e praia, segmento turístico considerado prioritário para o mercado, os argentinos podem vivenciar a nossa história e a nossa cultura", disse.

O gerente da Thesys, José Maria Jaroslavsky comemorou a 10ª edição da festa, promovida anualmente, em junho, para salientar a parceria com a Bahia. "Esse workshop é sempre uma alegria para nós, a Bahia é nosso carro chefe, destino favorito dos nossos clientes e por isso trabalhamos o Brasil com tanto afinco". A empresa argentina foi, inclusive, quem fez o primeiro vôo internacional fretado para o Aeroporto de Porto Seguro, em junho de 1997.

Segundo dados da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), 74 % dos argentinos visitam o Brasil em busca de lazer, como motivação maior sol e praia, natureza e ecoturismo. Destes total, 58% ficam hospedados em hotéis, flats e pousadas. Eles gastam cerca de U$$ 56 e permanecem em média 11 dias no destino.

veja também