Barcelona é um museu à beira do Mediterrâneo

Barcelona é um museu à beira do Mediterrâneo

Atualizado: Sexta-feira, 19 Fevereiro de 2010 as 12

Seria injustiça dizer que Barcelona, com 1,6 milhão de habitantes, é somente a capital da Cataluña (ou Catalunya, em catalão). Parte da mais rica região da Espanha, guarda um povo extremamente orgulhoso de suas tradições, que não se considera exatamente espanhol, mas catalão, falando inclusive o seu próprio idioma. Aliás, aqui tudo está escrito nas duas línguas.

Rival de Madri, ela tem, sim, inúmeras razões para competir com a capital espanhola. Ao sediar as Olimpíadas de 92 presenteou-se com uma enorme revitalização urbana e, desde então, só fez aumentar sua popularidade no mundo inteiro, integrando-se ao circuito dos grandes centros europeus.

À beira do Mediterrâneo, moderna e bem-estruturada, conserva vestígios de todas as civilizações que colocaram seus pés por ali. Desde a era romana até a explosão do movimento modernista, Barcelona é praticamente um museu a céu aberto.

De alma cosmopolita, dotada de qualidades e imperfeições peculiares a uma metrópole que se preze, tem lugar para todos: dos turistas curiosos aos artistas de rua. A regra mais importante aqui é explorar a arquitetura da cidade, que mescla o art noveau e o contemporâneo, apresentando prédios que parecem divertidos e bizarros castelos de areia. O nome que você deve saber é Antoni Gaudí e o que você não pode perder é a sua "La Sagrada Familia", o Parque Güell e a La Pedrera. Mas a visita, porém, não pára por aí... (Do Guia da Europa)

INFORMAÇÕES E SERVIÇO

Site do país - www.spain.info

Site da cidade - www.bcn.es

Site de turismo da cidade - www.barcelonaturisme.com

Consulado geral - Av. Diagonal, 468, 2º - Barcelona. Fone (93) 488.2288, www.consuladobrasil-barcelona.org , [email protected]

Idioma - Espanhol (español, espanhol; Spanish, inglês). Fala-se o espanhol castilho (74%), catalão (17%), galego (7%) e basco (2%)

Fuso horário - 4 horas a mais em relação a Brasília

DDI - 0034

Telefone de emergência - Polícia 091

Informações turísticas - O principal fica na Plaça de Catalunya e funciona diariamente das 9h às 21h. Oferece material da cidade e da região. Há também um balcão de informações na mais importante estação de trem, Estació Sants, aberto de seg/sex, das 8h às 20h, sáb/dom, até 14h, e outro no aeroporto, de seg/sáb, das 9h às 21h, domingos, até 15h. Nesses locais você pode comprar tickets para tours organizados; em média € 12 para um dia. Para saber com mais detalhes o que está acontecendo em Barcelona, consulte o "Guía del Ócio" (€ 1), semanal, vendido em bancas de jornal. Escrito em espanhol, inclui filmes, teatro, música e exposições de arte. Especializado em jovens, estudantes e mochileiros, é o "Punt d'Informacio Juvenil", no Passeig de Gràcia 107 (metrô Diagonal), fone 932.384.007, [email protected] seg/sáb, das 10h às 19h, e domingos, até 14h30. Fornece a lista de escolas de castelhano, catalão, cursos de moda, artes etc. O staff, jovem, é bastante atencioso, fala várias línguas e fornece dicas de alojamento prolongado na cidade.

Horários - É difícil acreditar, mas a siesta é real -de fato os espanhóis dão uma boa parada para dormir à tarde. Em geral trabalham de seg/sex, das 8h30 às 13h30 e das 17h às 20h. Muitos museus também fecham entre 13h e14h; funcionam nos finais de semana, mas não às segundas. Os bancos abrem das 8h30/9h às 14h/14h30 e, nos sábados, até 13h/13h30.

Feriados - Os mais importantes: Ano-Novo; 6/jan (Dia dos Reis Magos - mais importante que o Natal); Páscoa; 15/ago (Festa da Assunção); 12/out (Dia Nacional ou Dia de Santiago, o padroeiro da Espanha); 1/nov; 8/dez (Festa da Imaculada Conceição); Natal.

Moeda - O euro substituiu a peseta espanhola.

Valor de troca - € 1 = R$2,60 = US$1,25

Câmbio - Bancos e casas de câmbio podem apresentar cotações e comissões variáveis, de zero a 3%. Vale fazer uma rápida pesquisa.

Gorjetas - Não é obrigatório, mas, considerando que o serviço tenha sido satisfatório, os garçons espanhóis vão apreciar se você deixar algum troco.

Telefone - Telefones públicos (teléfono público ou locutório) funcionam tanto com moedas quanto com cartões (tarjetas telefônicas ou teletarjeta) e alguns até com cartão de crédito. As tarjetas são vendidas nos correios (correos) e bancas (estancos) por € 6 e € 12. Vale se informar também sobre os preços dos locutórios, casas para chamadas locais e internacionais que cobram o minuto da ligação. Para ligações a cobrar para o Brasil, disque 1005, ou via operadora brasileira ligue 900.990.055. Os números de telefone espanhóis são de 9 dígitos, devendo contar sempre com o código de acesso local, independente de onde você esteja e para onde estiver ligando.

Correio - Em geral abrem das 8h às 14h e das 17h às 19h30 (sábado, das 9h às 12h), mas alguns podem estender esse horário e trabalhar direto, sem tirar o cochilo do almoço. Selos (sellos) são vendidos também em bancas, e para enviar um cartão-postal ao Brasil custa € 0,60. O serviço postal espanhol é bastante lento e, pagando mais, seu despacho pode sair mais rápido, como urgente.

Internet - Muitos cibercafés, fácil de ser encontrado pela cidade.

veja também