Berlim mostra arte renascentista e contemporânea em museu e hotel

Berlim mostra arte renascentista e contemporânea em museu e hotel

Atualizado: Terça-feira, 7 Junho de 2011 as 8:26

A Renascença italiana retorna a partir de 25 de agosto. Mas para outro local: Berlim, na Alemanha. E depois de 20 de novembro, segue para Nova York.

Um total de 150 obras de arte de mestres como Botticelli, Lippi, Da Vinci e Bellini foram emprestadas de importantes museus da Europa e Nova York.   Com o apoio do ministério do Exterior da Alemanha, o Berlin's Bode-Museum e o Metropolitan Museum of Art de Nova York, cada um na sua vez, apresentam as obras na exposição "Renaissance Faces - Masterpieces of Italian Portraiture" (Faces da Renascença - Obras-primas do Retrato Italiano, em tradução livre).

HOTEL

O entustista de arte em Berlim pode viajar no tempo de volta para o século 21, apreciando-a no seu dia a dia de hospedagem no próprio hotel.

O cinco estrelas Grand Hyatt Berlin, perto de Potsdamer Platz, acomoda sua própria coleção de arte, com peças de artistas renomados como Jaehyo Lee, Sylvie Fleury, Eberhard Havekost e Gerold Miller.

A coleção do hotel espalha-se por todo canto do hotel, como no lobby, o lounge Tizian ou no quarto. Desde a sua inauguração, em 1998, a coleção é ampliada, com trabalhos originais de artistas alemães e internacionais.

Durante o exato período da mostra no Bode-Museum de Berlim, o hotel oferece um "pacote artístico", que custa a partir de 260 euros para uma pessoa ou 275 euros para duas pessoas.

Inclui café da manhã, servido até 14h aos domingos; frutas e água mineral diariamente no quarto; entrada na exposição "Renaissance Faces"; tour guiado na coleção do hotel; e, para cuidar do corpo, acesso ao Club Olympus Spa & Fitness.

Saiba mais sobre a exposição renascentista no museu de Berlim, outras mostras no local, ou ainda sobre o hotel .    

veja também