Boas dicas de mochileiro

Boas dicas de mochileiro

Atualizado: Sexta-feira, 31 Julho de 2009 as 12

1) Sempre tenha em mãos o seu próprio rolo de papel higiênico. Ele será um dos seus melhores amigos durante toda a viagem. Quando todos os outros rolos te abandonarem, ele estará lá para te ajudar nas situações mais difíceis.

2) Se você beber, assegure-se que você tem o seu próprio abridor de garrafas e saca rolhas! Às vezes você pode adquiri-los como chaveiros. Você nunca encontrará um desses nos albergues, pois eles são constantemente surrupiados.

3) Nunca parta do albergue sem um caderno de anotações, ou qualquer outro meio tecnológico de registro. As histórias de Cingapura, contos da Tailândia e memórias de pessoas e lugares serão um tesouro quando você estiver nos seus 60 anos. Não pense nele simplesmente como um diário, mas como a história das suas viagens, grandes momentos da sua vida. O seu próprio pequeno livro!

4) Tenha o mínimo de conhecimento sobre o Brasil e sua atual situação. Política, religião, futebol, belezas naturais… Os estrangeiros sempre te farão muitas perguntas. Não conhecer o básico sobre o próprio país é uma situação constrangedora.

5) A carteirinha de alberguista te ajudará a conseguir salvar uma boa grana se você estiver num mochilão de vários meses usando os albergues da rede Hostelling International. Geralmente os descontos são de no mínimo 1 euro/dólar/libra por noite nos albergues dessa rede.

6) Alguns albergues pegam mochileiros no aeroporto, estação de trem ou estação de ônibus. Mande um e-mail para o seu albergue e pergunte sobre essa possibilidade “Vocês têm serviço de transfer para mochileiros que chegam pela estação X?”. Isso te ajudará a salvar a grana do táxi ou ônibus. Também se informe sobre essa opção para o retorno à estação.

7) Sempre use um chinelo, nem que seja um par de Havaianas barato, para tomar banho nos albergues. Centenas de pessoas usam o banheiro, por isso você deve evitar expor os seus pés às bactérias.

Evite ser um daqueles mochileiros que andam com a mochila cheia de sacolas plásticas. Se possível, invista em saquinhos de pano, pois é muita sacanagem atrapalhar o sono dos seus companheiros de quarto com o barulho das suas sacolinhas às 5 da manhã.

9) Especialmente para as meninas. Às vezes é difícil para as mochileiras estar com sua melhor aparência e cheiro. Se você estiver se sentindo um pouco sujo ou tiver algum lugar bem interessante para ir à noite, vá até alguma grande loja de departamento. Essas lojas geralmente fornecem amostras e deixam os clientes experimentarem perfumes. Se você estiver usando um bom perfume, se sentirá mais bonito. Além disso, as garotas podem até experimentar alguma maquiagem. Meninos podem mudar o visual com algum bom produto para o cabelo. A experimentação de cores sempre é estimulada.

10) Algumas grandes bibliotecas das cidades têm o acesso à Internet gratuito. As bibliotecas são também um dos melhores lugares para esperar passar uma chuva forte. Você pode se desgastar na seção de viagem do seu próximo destino e adquirir nomes de albergues e os números de telefone em livros como o Lonely Planet (Planeta Solitário).

11) Sempre verifique o Centro de Informações Turísticas na cidade que você está visitando. Eles têm o pessoal que sabe o que está rolando de graça. Muitas cidades têm entradas gratuitas ou dias de entrada mais baratos em galerias, museus e cinemas.

12) Pelo amor de Deus, sempre leve o seu repelente na mochila, antes mesmo de sair de casa. Você está partindo para um outro país, não pense “Eu compro quando chegar lá”. Os mosquitos te sugarão antes mesmo de perceber o ataque.

13) Lembre-se, talvez você nunca terá uma possibilidade como esta novamente. Viajar amplia a mente, ensina lições que permanecem com você para sempre. Você vê coisas que nem imaginava existirem e encontra gente que é tão extraordinariamente fascinante. Portanto fale com todo mundo que você encontrar, aprenda o máximo que você puder sobre “o que” e “quem” o rodeia a cada dia, dê muita gargalhada, esqueça as dívidas financeiras e descubra quem você realmente é!

Isto é o seu intervalo para viver do jeito que você quer e ser quem você sempre soube que poderia ser!

veja também