Brasil investe para atrair turistas canadenses

Brasil investe para atrair turistas canadenses

Atualizado: Segunda-feira, 25 Maio de 2009 as 12

Levar um pouco do que há de melhor do Brasil a um público ávido por novas experiências, estreitar os laços para criar oportunidades de negócios que aumentem o fluxo turístico entre o Canadá e o Brasil. Foi este o foco do MTur ao realizar, por meio da Embratur (Instituto Brasileiro do Turismo), o roadshow no Canadá, nos dias 19 e 21 de maio, em Montreal e Toronto, respectivamente.

A primeira etapa do roadshow do Brasil no Canadá aconteceu na região central de Montreal, com a presença de 80 agentes de viagem e também dos cônsules de Montreal, Washington Luis Pereira de Sousa Neto e José Roberto Procopiak. Em Toronto, na segunda fase do roadshow, o encontro reuniu 110 agentes de viagem e contou com a participação do vice-cônsul do Brasil em Toronto, Aldemo García.

Em ambas as ocasiões, após apresentação sobre o Brasil e rodada de negócios, houve a apresentação de grupo musical com repertório voltado para ritmos nacionais como o samba e a Bossa Nova. Para o executivo do Escritório Brasileiro de Turismo na Costa Oeste dos Estados Unidos, Miguel Jerônimo, apesar do momento delicado pelo qual passa a economia mundial, há oportunidade para manter o fluxo turístico já existente entre os países e alçar novas oportunidades de negócios.

"O turista canadense, por sua qualidade de vida, deve continuar a viajar. Por isso, cabe a nós informar, atualizar e dar incentivo aos agentes de viagem, para que possam começar ou aumentar suas vendas dos destinos brasileiros com novas ferramentas e roteiros".

Mercado Canadense

Atualmente, cerca de 1.500 assentos, em sete freqüências aéreas semanais, são disponibilizados semanalmente entre São Paulo e Toronto. No ano de 2007, o Brasil recebeu a visita de aproximadamente 64 mil canadenses, 2,17% a mais do que o ano anterior. Entre os destinos mais procurados por turistas do Canadá, quando no País a lazer, estão Rio de Janeiro, São Paulo, Foz do Iguaçu, Salvador e Florianópolis, deixando uma média de US$ 94,9 diariamente.

Segundo o estudo Demanda Turística Internacional, encomendado pela Embratur, 99% dos canadenses que visitam o País avaliam positivamente a hospitalidade brasileira e 93,1% expressam a intenção de voltar para outras visitas.

veja também