Brasileiros preferem curtir o verão em destinos nacionais

Brasileiros preferem curtir o verão em destinos nacionais

Atualizado: Quarta-feira, 7 Dezembro de 2011 as 8:18

As praias nacionais estão na mira dos turistas brasileiros nesta temporada de verão. É o que revela a pesquisa realizada pela OH! Panel em parceria com o MercadoLivre, em que 2103 internautas da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Venezuela, Uruguai, Peru e Equador responderam sobre suas preferências nas próximas viagens. Desse total, 838 só do Brasil.

O estudo mostra que 78,8% dos brasileiros vão para o litoral durante as férias de verão (período entre dezembro e março). A opção de nove em cada dez internautas será por destinos nacionais (o percentual é de 92%).

A preferência pela estação do ano também foi avaliada pela pesquisa: oito em cada dez entrevistados de todos os países que participaram do estudo escolheram tirar suas férias durante o verão.

No quesito hospedagem, 37,6% dos brasileiros responderam que optam por ficar na casa de amigos. Se tiverem que gastar com diárias em hotéis e pousadas, também são os mais dispostos: 24% dos internautas dizem que pagariam mais de R$ 250 por noite.

Fora de temporada

Além do período de férias, muitos usuários entrevistados têm aderido a outro tipo de turismo: o aluguel de temporada e viagens no fim de semana. No Brasil, 55,1% dos internautas já viajaram dessa forma em 2011 e 77,1% estão dispostos a procurar imóveis para alugar para estas ocasiões.

A busca por destinos e hospedagem, aliás, tem sido realizada majoritariamente pela internet. No Brasil, 75,6% utilizam esse recurso (79% na média geral com os outros países) e 55% se dizem satisfeitos com os serviços.

Nos outros países

Na média total, que contabiliza todos os internautas que responderam a pesquisa (não só os brasileiros), o percentual que representa os que pretendem ir a alguma praia durante o verão é de 76%. No que diz respeito ao uso da internet para buscar informações sobre destinos e hospedagem, 79% dos entrevistados utilizam o serviço. Quanto à hospedagem, apenas 30,8% procuram ficar na casa de amigos.

veja também