Cabo Frio - RJ

Cabo Frio - RJ

Atualizado: Quarta-feira, 1 Abril de 2009 as 12

Referência quando o assunto é a Região dos Lagos, Cabo Frio capricha no visual e na infra-estrutura. Além do mar cristalino e das dunas de areia branquinha, a maioria das praias da  cidade oferece confortáveis quiosques para atender ao público cativo: famílias com filhos adolescentes. Na alta temporada, a turma toma conta da extensa praia do Forte, repleta ainda de bares e restaurantes e cenário da bonita queima de fogos na passagem do ano.

A concorrida praia, que começa no Forte São Mateus, estende-se até os picos preferidos dos surfistas, como as praias do Foguete e das Dunas - esta última, com montes que chegam a 30 metros. As pranchas marcam presença também nas praias do outro lado do Canal do Itajuru, como Brava, freqüentada também pelos naturistas, e Peró.

O esporte, aliás, é reverenciado até mesmo fora d´água - no Museu do Surf, o primeiro do país e o maior da América Latina sobre o tema, há exposição de centenas de pranchas, troféus, fotos e vídeos. Cabo Frio é generosa também com os adeptos do iatismo - os ventos são fortíssimos por lá - e do mergulho, que encontram rica vida marinha nas ilhas Comprida e do Papagaio.

Quando o assunto é noite e gastronomia, todos os caminhos levam ao Boulevard Canal, um calçadão repleto de bares e restaurantes. Entre eles estão o estrelado Picolino, um dos mais tradicionais da cidade e famoso pelo couvert; e a creperia Chez Michou, eterno ponto de encontro da garotada. Para as boas compras, basta atravessar a ponte. Na  Rua dos Biquínis, mais de 70 lojas oferecem roupas de banho e acessórios produzidos na cidade. Além da qualidade, os preços em conta garantem o movimento em qualquer estação.

O que ver e fazer

Curtir as praias

Para observar o movimento, siga para a praia do Forte. Caso o intuito seja  ficar na tranqüilidade, tome o ruma das praias do Foguete, das Duna e do Peró. Quem está com os pequenos tem como melhor opção a praia das Conchas, enquanto os adeptos do naturismo encontram na Brava o ambiente perfeito.

Mergulhar

A Região dos Lagos é bastante conhecida no universo dos mergulhadores pela diversificada vida marinha. Os melhores pontos para a prática da atividade são as ilhas Comprida e do Papagaio, procuradas tanto para o mergulho de credenciados como para o batismo - mergulho monitorado para quem não tem experiência.

Passear de barco

Escunas, traineiras e lanchas partem do Canal para passeios com cerca de três horas de duração pela Lagoa de Araruama, Ilha do Japonês e praia Brava. Os passeios da manhã são os melhores para mergulhar, enquanto os do fim do dia são perfeitos para apreciar o pôr-do-sol.

Visitar Búzios e Arraial do Cabo

As vizinhas de Cabo Frio - também repletas de belas praias - completam os atrativos da região. Búzios atrai pelo charme e agito noturno, enquanto Arraial do Cabo oferece tranqüilidade e alguns dos melhores cenários da Região dos Lagos para mergulhar e passear de barco.

Atrativos Culturais

Entre os atrativos culturais de Cabo Frio está um de seus maiores ícones - o Forte de São Mateus. Além da importância histórica, a construção descortina uma das mais bonitas vistas da região. Já uma outra forte referência da cidade, o surf, ganhou um museu especialmente para o esporte.

Como chegar

- De avião

Há vôos regulares para Cabo Frio operados pelas empresas Gol e Total

- De carro

Vindo do Rio, seguir pela Ponte Rio-Niterói, rodovia Niterói-Manilha (BR-101), rodovia Rio Bonito-Araruama (RJ-124), Via

Lagos (até São Pedro D'Aldeia) e RJ-140

Vindo de Macaé e Campos, acesso pela RJ-106

- De ônibus

A Viação 1001 serve a Região dos Lagos

veja também