Cemitérios são um passeio cultural para além do 'gótico'; veja endereços no Brasil e no mundo

Cemitérios são um passeio cultural para além do 'gótico'; veja endereços no Brasil e no mundo

Atualizado: Quarta-feira, 3 Novembro de 2010 as 1:27

Cenário favorito para contos e filmes de terror, de vampiros, almas penadas e afins, os cemitérios não têm só esse lado "gótico", associado à morte. Numa cidade como Londres, com uma rica tradição arquitetônica e de paisagismo, os cemitérios são verdadeiros jardins pontuados por monumentos de diversos estilos artísticos, e são um insuspeitado passeio cultural por alamedas tranquilas rodeadas de obras de arte.

Eles guardam registros de transformações sociais e culturais, e as honrarias prestadas aos mortos dão um testemunho precioso de mudanças de comportamento ao longo do tempo —desde os respeitosíssimos epitáfios vitorianos, à irreverente intervenção dos fãs no túmulo do humorista Douglas Adams (do grupo Monty Python).

Transformações da moda e da arte também estão registradas em cemitérios, na chamada "arte sepulcral", que acompanha os movimentos históricos —vide a diferença entre o romantismo dos túmulos de Abney Park e a ironia dos túmulos do escultor Patrick Caulfield ou do empresário Malcolm McLaren.

Chamados de "última morada", os cemitérios são ainda o local para fãs visitarem seus ídolos e se sentirem próximos daqueles que em vida pareciam tão inalcançáveis. Em Londres, encontram-se, por exemplo, os túmulos do cientista político Karl Marx, do escritor Daniel Defoe e do poeta William Blake, sempre visitados por admiradores.

Veja abaixo uma seleção de cemitérios (retratados no álbum de fotos) para visitar em Londres. E, a seguir, uma seleção de cemitérios pelo Brasil e pelo mundo que abrigam túmulos de personalidades, como Marilyn Monroe, Jim Morrison, Tom Jobim e outros.

CEMITÉRIOS EM LONDRES

Abney Park

Stoke Newington High Street, N16 0LN

Entrada gratuita

No verão: de 8h às 19h, diariamente

No inverno: de 8h às 16h, diariamente

Por que visitar Abney Park?

Foi o primeiro cemitério da Inglaterra a não dividir o terreno dos túmulos por crenças religiosas. Desde sua fundação, o cemitério já tinha um caráter de pequeno jardim botânico, e suas plantas são catalogadas. Durante o verão, a vegetação chega a cobrir as lápides formando uma paisagem única.

Bunhill Fields

City Road com Bunhill Road, EC1

Entrada gratuita

No verão: de 8h às 19h, diariamente

No inverno: de 8h às 16h, diariamente

Por que visitar Bunhill Fields?

É o cemitério mais central da cidade, encrustado no centro financeiro londrino, a "City". Lá estão o túmulo do poeta William Blake (1757-1827) e do escritor Daniel Defoe (1660-1731), por exemplo. O cemitério foi fundado em 1665 pela administração de Londres, num terreno que desde o século 12 pertencia à catedral de Saint Paul, e deixou de ser usado como tal em 1854. Durante a Segunda Guerra, foi parcialmente destruído por bombardeios.

Cemitério de Highgate (Leste)

Swain's Lane, N6 6PJ

£3 inteira / £2 estudantes

1º/3 a 31/10: de 10h às 17h, segunda a sexta

1º/11 a 29/2: de 10h às 16h, diariamente

Por que visitar Highgate East?

Localizado na região Noroeste de Londres, Highate foi um dos sete cemitérios criados na cidade, em 1839, a fim de atender a demanda da população que havia dobrado nos 30 anos anteriores. Lá estão enterrados vultos como o filósofo alemão Karl Marx (1818-1883) e o produtor Malcom McLaren (1946-2010).

Cemitério de Highgate (Oeste)

Swain's Lane, N6 6PJ

Só é permitida visita guiada

£7 adultos / £3 até 16 anos

De segunda a sexta há uma visita apenas, às 14h

Agendamentos pelo telefone: +44 (0) 20 83401834

Nos finais de semana, das 11h às 15h, há visitas de hora em hora, sem necessidade de agendamento prévio

Por que visitar Highgate West?

Um dos mais tradicionais e exuberantes cemitérios londrinos, com mausoléus construídos em estilo vitoriano, revival egípcio, revival tudor e outros. As visitas são feitas apenas com monitores para garantir a segurança dos diversos entalhes e esculturas espalhados pelo cemitério. Destaque para a ala egípcia, para o "círculo do Líbano" e para o columbário.

OUTROS CEMITÉRIOS

ALEMANHA - BERLIM

Städtischer Friedhof III (Friedenau)

Cemitério berlinense no distrito de Friedenau, famoso por abrigar o túmulo da atriz alemã Marlene Dietrich —morta em Paris, mas tranferida para a Alemanha logo após uma homenagem pública—, e o fotógrafo Helmut Newton. As alamedas do cemitério replicam em escala reduzida a disposição das ruas do bairro em que está inserido.

Stubenrauchstraße 43–45

ARGENTINA - BUENOS AIRES

Cemitério da Recoleta

Fundado em 1822, este é o primeiro cemitério público da cidade de Buenos Aires. A partir de 1870, quando as classes altas da cidade passaram a se instalar no bairro da Recoleta, o cemitério também virou o favorito dessas famílias e passou a ser considerado, como o bairro, o mais "chique" da capital argentina. Lá estão enterrados a primeira-dama Evita Perón, o escritor Adolfo Bioy Casares e o presidente Raúl Alfonsín, entre outras personalidades.

Calle Junín, 1790

Tel: (54 11) 4804-7040

Cemitério da Chacarita

Em 1871, a cidade de Buenos Aires foi atingida por uma epidemia de febre amarela. Na época, o Cemitério da Recoleta proibiu que lá fossem enterrados mortos por essa doença. Assim, para criar espaço suficiente para as vítimas da epidemia, foi inaugurado o Cemitério da Chacarita, até hoje o maior da cidade. Lá está sepultada a elite do tango: o cantor Carlos Gardel e seu parceiro musical Alfredo Le Pera, e os compositores Enrique Santos Discépolo e Aníbal Troilo, entre outros.

Calle Guzmán, 680

Tel: (54 11) 4553-9338

ESTADOS UNIDOS - LOS ANGELES

Pierce Bros Westwood Village Memorial Park

Este é provavelmente o cemitério americano com maior número de estrelas por metro quadrado. Localizado próximo à UCLA (Universidade da Califórnia, Los Angeles), aqui estão enterrados a atriz Marilyn Monroe, o escritor Truman Capote, o compositor Roy Orbison, o músico Frank Zappa, o ator Jonathan Harris (o doutor Smith de "Perdidos no Espaço"), o cineasta John Cassavetes e o cantor e ator Dean Martin, só para nomear alguns famosos.

1218 Glendon Avenue,

Tel: (1) 310-474-1579

Forest Lawn

Cadeia de cemitérios que abrange nove "parques mortuários" espalhados pelo sul da Califórnia. O empreendimento foi fundado no início do século 20 por um grupo de empresários de São Francisco que desejava criar um cemitério espaçoso e sem monumentos "tristes". Os cemitérios do grupo Forest Lawn são famosos pelo grande número de personalidades do showbiz que se encontra enterrado lá. Na filial Forest Lawn Memorial Park (Glendale), por exemplo, estão o cantor Michael Jackson, o empresário Walt Disney, a comediante Lucille Ball, o ator Humphrey Bogart, o cantor Nat King Cole e o ator Sammy Davis Jr., entre outros. Na filial Hollywood Hills (Los Angeles), estão a atriz Brittany Murphy, o ator David Carradine, a atriz Bette Davis, o cantor Marvin Gaye, o comediante Buster Keaton e o cineasta Fritz Lang, entre outros.

Forest Lawn Memorial Park (Glendale)

1712 S. Glendale Avenue

Forest Lawn Hollywood Hills

6300 Forest Lawn Drive

Informações

Tel: (1) 323-254-3131

FRANÇA - PARIS

Père Lachaise

Um dos cemitérios mais famosos do mundo e um dos que mais atrai turistas para visitar o túmulo de celebridades ligadas ao mundo das artes. Inaugurado em 1804, por Napoleão, o cemitério foi, a princípio, considerado afastado demais da cidade. Para atrair mais funerais, a prefeitura mandou transferir para lá os túmulos do escritor La Fontaine e do dramaturgo Molière. Anos mais tarde, foram transferidos também os restos mortais do filósofo Abelardo e de sua amada Heloísa, que ganharam um mausoléu que logo se transformou em ponto de peregrinção para enamorados. A manobra da administração da cidade conseguiu fazer com que o cemitério se tornasse popular. Hoje são mais de 300 mil sepulcros, além de milhares de urnas de cinzas guardadas no columbário. Dentre os sepultados célebres estão o vocalista americano Jim Morrison (dos Doors), a cantora francesa Édith Piaf, o escritor irlandês Oscar Wilde, o romancista francês Marcel Proust, o compositor polonês Frédéric Chopin, a atriz francesa Sarah Bernhardt, o pintor francês Eugène Delacroix e o precursor do cinema Georges Méliès, entre outros. O site tem uma "visita virtual" que permite ver panoramas do local e "visitar" os túmulos mais famosos.

8, boulevard de Ménilmontant e 16, rue du Repos

http://www.pere-lachaise.com/

Les Invalides

O "Hôtel National des Invalides" é um complexo que conta com uma capela, monumentos e museus relacionados à história militar da França, e também com uma casa de repouso e hospital para veteranos de guerra. O complexo abrange ainda um cemitério onde estão enterrados heróis de guerra nacionais, dentre eles Napoleão Bonaparte, cujos restos mortais estão sob o domo do complexo.

Avenue de Tourville, Place des Invalides

Tel.: (33) 1-4442-3772

Montparnasse

Cemitério parisiense localizado no bairro de Montparnasse, centro da vida intelectual da cidade no início do século 20, até o começo da Segunda Guerra Mundial. O cemitério atrai uma grande quantidade de turistas para visitar o túmulo de vultos famosos que estão enterrados lá: o poeta Charles Baudelaire, os filósofos Jean-Paul Sartre e Simone de Beauvoir, o compositor Serge Gainsbourg, o escritor argentino Julio Cortázar, o empresário André Citroën (fundador da fábrica automobilística que leva seu nome), a atriz americana Jean Seberg, a filósofa americana Susan Sontag, a atriz libanesa Delphine Seyrig e o dadaísta romeno Tristan Tzara, entre outros.

3, Boulevard Edgar Quinet

Tel.: (33) 1-4071-7560

NO BRASIL

RIO DE JANEIRO

Cemitério São Francisco de Paula (Cemitério do Catumbi)

Primeiro cemitério católico do país a céu aberto, foi criado após a proibição de sepultamentos dentro de igrejas, e foi construído com urgência para abrigar a grande quantidade de mortos pela epidemia de febre amarela que atingiu o Rio de Janeiro em meados do século 19. O primeiro enterro aconteceu em 1950, e o cemitério recebeu diversos nobres e pessoas ligadas à nobreza brasileira. Estão no Catumbi o poeta e compositor Catulo da Paixão Cearense (autor de "Luar do Sertão"), o Visconde de Mauá e o Marquês de Sapucaí, entre outros.

Rua Catumbi, 120

Tel.: (21) 2502-2141, 2293-4583

Cemitério São Francisco Xavier (Cemitério do Caju)

Um dos primeiros e maiores cemitérios da cidade, o Caju foi inicialmente utilizado apenas para o enterro de escravos, de 1839 a 1851, quando foi transforma em um cemitério público. Localizado na Zona Norte, no bairro de São Cristóvão, abriga o túmulo de diversas personalidades do império e do mundo artístico. Estão lá sepultados os compositores Cartola, Noel Rosa e Jackson do Pandeiro, as cantoras Dalva de Oliveira e Dolores Duran, os cantores Tim Maia e Jamelão, a esportista Dora Bria, o Barão do Rio Branco e o serial killer Febrônio Índio do Brasil.

Rua Monsenhor Manuel Gomes, 155

Tel.: (21) 2580-4129

Cemitério São João Batista

Inaugurado em 1852, é conhecido no Rio de Janeiro como "cemitério das estrelas" pelo número de famosos que ali estão enterrados. Entre as personalidades que estão em São João Batista, encontram-se a cantora Carmen Miranda e sua irmã Aurora, o cantor e compositor Cazuza, o carnavalesco Clovis Bornay, a atriz Leia Diniz, o cantor Nelson Gonçalves, o jornalista Paulo Francis, os compositores Tom Jobim e Vinicius de Moraes, o pintor Cândido Portinari, o compositor Heitor Villa-Lobos, o precursor da aviação Santor Dumont, a estilista Zuzu Angel, o ator Lauro Corona e o poeta Álvares de Azevedo, um dos primeiros túmulos do cemitério. Lá se encontram também os mausoléus para soldados brasileiros mortos durante a Primeira e a Segunda Guerra Mundiais e a cripta da Academia Brasileira de Letras, com os túmulos de Machado de Assis e Manuel Bandeira, entre outros literatos.

Rua General Polidoro, s/n com Rua Real Grandeza, s/n

Tel: (21) 2527-0648, 2539-6057

SÃO PAULO

Cemitério da Consolação

Inaugurado em 1858, quando a região da Consolação era uma localidade afastada da cidade, este é o mais antigo cemitério em funcionamento em São Paulo, e foi fundado para substituir o costume de se fazer sepultamentos no interior de igrejas. É um dos cemitérios com maior número de mausoléus criados por escultores famosos, como Bruno Giorgi e Victor Brecheret. Lá estão enterrados artistas e personalidades da política brasileira, como a Marquesa de Santos, os escritores Monteiro Lobato, Mário de Andrade e Oswald de Andrade, a pintora Tarsila do Amaral, o arquiteto Ramos de Azevedo e os atores Rubens de Falco e Armando Bogus. No cemitério está também o mausoléu da família Matarazzo, o maior da América Latina, com 25 metros de altura, do subsolo ao cume.

Rua da Consolação, 1660

Tel.: (11) 3258-6274

Cemitério do Araçá

Localizado próximo ao Hospital das Clínicas, este cemitério tem um famoso mercado de flores contíguo a seu muro principal. Fundado em 1887, abriga o mausoléu da Polícia Militar do Estado, para policiais mortos em combate. Lá estão os túmulos de diversas personalidades, como as atrizes Nair Bello e Cacilda Becker, o guitarrista Wander Taffo, o pianista Pedrinho Mattar e o empresário das comunicações Assis Chateaubriand.

Av. Doutor Arnaldo, 666

Tel.: (11)3256-0149

Cemitério São Paulo

Inaugurado em 1926, como uma espécie de "extensão" dos cemitérios da Consolação e Araçá, já naquela época superlotados, o Cemitério São Paulo é, juntamente com esses outros dois, abrigo de um grande número de mausoléus construídos por escultores e arquitetos famosos, em estilo belle epoque, art nouveau e modernista. Ele passou a ser o escolhido por famílias de industriais emergentes e imigrantes bem sucedidos. Lá estão enterrados o escultor Victor Brecheret, o escritor Menotti Del Picchia, o cartunista Belmonte e o jurista Miguel Reale.

Rua Cardeal Arcoverde, 1217

Tel.: (11) 3032-5986

Cemitério do Morumbi

Primeiro cemitério da cidade em estilo "americano", sem mausoléus verticalizados, o Cemitério do Morumbi foi fundado em 1968. Com amplos gramados a céu aberto, o cemitério abriga os túmulos de vários artistas e celebridades, como a cantora Elis Regina, o piloto Ayrton Senna, o comediante Ronald Golias, a atriz Consuelo Leandro e o estilista Clodovil Hernandes.

Rua Deputado Laércio Corte, 468

Tel.: (11) 3759-1000

veja também