Centro Cultural Jerusalém vira atração turística no Rio

Centro Cultural Jerusalém vira atração turística no Rio

Atualizado: Quinta-feira, 2 Abril de 2009 as 12

O governador do Rio, Sérgio Cabral, assinou nesta quarta (1º de abril) a Lei 5375 transformando oficialmente o Centro Cultural Jerusalém em ponto turístico. Ele visitou, pela manhã, o CCJ, que fica no templo da IURD, em Del Castilho (Zona Norte). Nesse espaço, de 736,7 metros quadrados, está em exposição a maior maquete da cidade de Jerusalém já construída no mundo – feita por especialistas vindos de Israel.

Estiveram presentes, ainda, no evento, o vice-governador, Luiz Fernando Pezão; as secretárias de Cultura; Adriana Ratter e de Turismo, Márcia Lins; o presidente da Igreja Universal do Reino de Deus, bispo Jerônimo Alves; os deputados Wagner Montes e Jodenir Soares; os vereadores João Mendes de Jesus e Jorge Brás; o presidente da Rede Record Rio, Marcelo Silva; e os atores de TV, Luciano Szafir, Bianca Rinaldi e Bemvindo Sequeira; entre outros.

O Centro Cultural Jerusalém recebeu, nos últimos meses, aproximadamente 4000 pessoas por mês, sendo 80% deste total nos finais de semana. Costumam visitar o local, estrangeiros; turistas de outros estados; alunos de escolas e faculdades em excursão e grupos religiosos. Além da maquete, o CCJ recebe, ainda, exposições temporárias e shows de música e está aberto diariamente, das 9h às 18h.

A maquete de Jerusalém retrata a cidade, sua topografia e arquitetura, do ano de 66 d.C. O projeto levou cinco anos para ser concluído. Todo o material usado na maquete veio de Israel. Graças à cenografia do local - que inclui fotos 360º em todas as paredes – as pessoas se sentem nas terras áridas e sagradas de Jerusalém, segundo os idealizadores. O lugar é iluminado em momentos diferentes: de dia e de noite, sob céu estrelado.

O visitante recebe aula de história completa sobre a Cidade Nova (Beseta); Cidade Alta; Cidade Baixa (antiga Cidade de Davi) e a Esplanada ou Monte do Templo. Além de mostrar a cidade entre seus muros, a maquete mostra também o crescimento de Jerusalém para fora dos seus muros.

veja também