Centro de Tradições Nordestinas do Rio terá reforma de R$ 11 milhões

Centro de Tradições Nordestinas do Rio terá reforma de R$ 11 milhões

Atualizado: Segunda-feira, 31 Janeiro de 2011 as 1:45

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou o inicio da reforma do Centro de Tradições Nordestinas Luiz Gonzaga, em São Cristóvão, o início "Gonzagão", um dos espaços culturais mais importantes do Rio de Janeiro. Com investimento de R$ 11, 6 milhões, estão previstas melhorias na infraestrurura e modificações na fachada, que receberá um grande painel com lonas alusivas às rendas típicas do Nordeste. Além disso, as principais ruas internas do pavilhão serão cobertas por lonas e a Praça dos Repentistas ganhará um anfiteatro. O trabalho, de responsabilidade da RioUrbe, empresa vinculada à Secretaria Municipal de Obras, também inclui serviços de inspeção, limpeza e desobstrução das redes de água, esgoto e drenagem.

Acompanhado dos secretários municipais de Obras, Alexandre Pinto, e de Turismo, Antônio Pedro Figueira de Mello, o prefeito do Rio falou sobre a importância do Gonzagão para a cidade, classificando-o como a "ponto de concentração da diversidade", lembrando que o Centro de Tradições Nordestinas recebe visitantes de inúmeras cidades e países.

Segundo a Secretaria Municipal de Obras, o Centro de Tradições Nordestinas passará por intensa transformação, que inclui a recuperação das estruturas dos palcos - que receberão nova iluminação cênica, pintura e troca de piso - e a construção de um mini-anfiteatro na Praça dos Repentistas, que será coberta com uma lona que remete ao frevo, tradicional dança da região. A pavimentação interna passará por limpeza com hidrojateamento (mangueiras de alta pressão) e aplicação de pintura acrílica. Além disso, os camarins também serão recuperados, bem como as identificações das lojas e dos painéis iluminados como mapa da feira.

O cenógrafo João Cardoso, da TV Globo, será responsável pelo projeto cenográfico. "Busquei trazer ícones fortes do Nordeste para esse projeto, mas algo que também tivesse relação com o Rio de Janeiro e com a importância do Centro de Tradições Nordestinas para esta cidade - disse João, completanto que, após a reforma, as mudanças já poderão ser vistas na fachada, que será coberta por imagens de rendas nordestinas", adiantou.

veja também