Chapada das Mesas (MA): Um paraíso para o lazer e a aventura

Chapada das Mesas (MA): Um paraíso para o lazer e a aventura

Atualizado: Quinta-feira, 28 Maio de 2009 as 12

Em meio à vegetação exuberante da Chapada das Mesas, são revelados os mais belos segredos: cachoeiras inacreditáveis, curiosas formações rochosas e gigantescas esculturas naturais.

Um paraíso para o lazer e a aventura. Uma das visões mais espetaculares que o Maranhão guarda é a Cachoeira da Pedra Caída, uma bela caminhada por entre a vegetação e pequenas quedas d'água que termina em meio aos paredões rochosos, descortinando uma fantástica cachoeira de 50 metros de altura.

Uma visão inesquecível. A hospitalidade da região da Chapada das Mesas fica por conta da cidade de Carolina, onde pode-se desfrutar do aconchego e da simpatia de seus moradores.

Principais atrações

Cachoeira da Pedra Caída: para atingir a cachoeira, percorre-se uma trilha em meio a vegetação e outras pequenas cachoeiras. Trata-se de um rio que, ao encontrar um buraco, despenca em forma da cachoeira de 50 metros, formando uma generosa piscina natural e seguindo seu curso. É uma visão inesquecível.

Cachoeira do Prata: a Cachoeira do Prata é mais uma cachoeira localizada no Rio Farinha, numa região não tão desbravada, selvagem pode-se dizer. As pessoas que moram por perto são típicos sertanejos, valorizam o lugar onde moram e se sentem acostumados com as belezas que vêem todos os dias.

Cachoeira Itapecuru e Itapecuruzinho: Itapecuru, a 33 km do centro da cidade, tem 2 quedas de aproximadamente 15 metros de altura, mas com enorme volume de água, formando em alguns pontos pequenas praias e ilhas naturais. Itapecuruzinho é um verdadeiro clube natural. Além da convidativa área para banho, conta com infra-estrutura de lazer com bar, restaurante e playground.

Ilha dos Botes: a ilha dos Botes é mais uma das belezas que você pode encontrar em Carolina. Localizada a 5Km de Carolina, à razante do rio Tocantins, com acesso de barco e de carro saindo pelo bairro do Brejinho. Na ilha você encontrará bar, restaurante e até barracas que lhe permitem pernoitar. Além dos tira-gostos você poderá almoçar uma peixada com peixe do Tocantins (caranha, pacu, barbado, surubin, piau), galinha ao molho-pardo, frango-a-passarinho e uma deliciosa carne de sol. A praia é rasa e muito limpa, a ventilação forte açoitando o palmeiral, cheia de garças e marrecas. Um verdadeiro paraíso.

Morro das Figuras: próximo à cachoeira da Prata, a 40 km de Carolina com formação rochosa com diversas inscrições rupestres recentemente descobertas por arqueólogos, que acreditam ser de autoria de índios craôs descendentes dos tupis-guaranis.

Morro do Chapéu: com seus 378 metros de altura. Leva o nome por causa do formato.

Morro do Portal: de fácil acesso, mas só pra quem conhece bem o local (deve se subir por trás). O morro que fica na estrada para as cachoeiras da Pedra caída, possibilita impressionante visão da chapada das mesas. Além disso, fato interessante é que em uma das paredes do morro há uma cratera com o formato do mapa do Estado do Tocantins.

Praia do Tocantins: conhecida por todos que passam pela região sul do Maranhão, o local é bastante cheio. Apesar de serem mais conhecidas como as praias de Carolina, elas aparecem do lado do Estado de Tocantins, na cidade de Filadélfia. As praias começam a aparecer quando o rio baixa, a partir do mês de junho e só desaparecem no final do mês de agosto.

Vale lembrar

Cachoeiras: Cheque a profundidade dos poços das cachoeiras antes de mergulhar. Isto pode evitar acidentes.

Cuidados: beba bastante água e leve algum lanche enquanto estiver fazendo as trilhas. Use sempre protetor solar e roupas leves.

veja também