Cidade americana de San Diego é "eco friendly", antitabagista e reúne beleza e alta qualidade de vida

Cidade americana de San Diego é "eco friendly", antitabagista e reúne beleza e alta qualidade de vida

Atualizado: Sexta-feira, 5 Fevereiro de 2010 as 12

No title Praias limpas, parques bem arquitetados e um skyline deslumbrante é o que os cerca de 16 milhões de turistas anuais e 1,3 milhão de moradores encontram em San Diego, no sul da Califórnia (EUA). Costeira e ensolarada, a cidade surpreende pela beleza natural e alta qualidade de vida. É "eco-friendly", antitabagista, antialcoólica e tem entretenimento para todos os gostos, do surfe à Legolândia - parque de diversões em que os brinquedos são feitos de Lego.

A grande San Diego tem cerca de 90 museus, grandes anfiteatros, 117 km de praias, cidade histórica e parques com atrativos suficientes para manter o turista ocupado durante dias. Além de seus encantos naturais, é porta de entrada para Tijuana - cidade do México que fica na fronteira com os Estados Unidos, cerca de 30 km ao sul de San Diego.

Não é à toa que é locação de filmes importantes, como "Babel" (2006), "Traffic" (2000), "Top Gun - Ases Indomáveis" (1986) e "Cidadão Kane" (1941), além de cenário para uma série de programas de TV e até reality shows - "Beach Patrol" (2006) e "The Real World" (2004).

Para brasileiros, um passeio por San Diego pode lembrar Salvador (BA). A atmosfera praiana, o jeito descontraído da população e o clima são semelhantes. Mas há diferenças importantes. Em vez de arquitetura colonial portuguesa, San Diego tem herança espanhola. Além disso, a cidade californiana é mais segura. É possível passear à noite pelas ruas e avenidas sem a constante preocupação com a violência urbana.

O clima da cidade é quente e seco, com temperaturas agradáveis durante quase todo o ano. A média anual é de 21ºC e a mínima, de 4ºC, no inverno. A umidade do ar é baixa, e as chuvas se concentram entre dezembro e março.

É proibido fumar e beber

Entre as principais atrações turísticas de San Diego estão o Balboa Park - que abriga 15 museus, teatros, jardins, centros de arte e zoológico -, o Mission Bay Park, as praias, La Jolla, Coronado Island, Old Town, Embarcadero, Sea World e Legolândia.

É permitido fazer piqueniques nos parques e nas praias, mas cerveja e vinho devem estar fora do menu. Por força de lei municipal, é proibido fumar e ingerir bebida alcoólica nos parques e praias de San Diego. A multa pode chegar a US$ 1.000, e turistas também estão submetidos à regra. Quem quer beber tem de ir a um bar ou restaurante, e quem quer fumar deve ficar a, pelo menos, cem metros de distância de qualquer prédio, praia ou parque público. A cidade apresenta grandes festivais de música, cinema, balé e ópera durante todo o ano. Musicais da Broadway também vão a San Diego.

Ao contrário do que acontece em outras cidades dos EUA, em San Diego, só come fast food quem quer. É fácil encontrar bons pratos de frutos do mar em toda a região metropolitana, que tem registrados 6.700 restaurantes. Em Downtown, Little Italy, La Jolla e Coronado, encontram-se excelentes opções de cozinha italiana e mexicana.

A cidade é um convite à prática de esportes. A Grande San Diego tem cerca de 90 campos de golfe e quadras esportivas. Nas praias, alugam-se caiaques e pranchas de surfe. Quem gosta de correr tem à disposição uma longa orla marítima.

No departamento de compras, a região também é bem servida. Tem pelo menos três grandes centros de "outlets" dentro e fora da cidade. Segundo informações do San Diego Convention and Visitors Bureau, visitantes gastaram US$ 7,9 bilhões na cidade em 2007.

San Diego é o berço da Califórnia. Foi localizada pelo explorador Juan Rodriguez Cabrillo, que viajava do México em direção ao norte, com um navio de bandeira espanhola. E 1542, a região passou a ser possessão dos espanhóis. Em 1769, o padre franciscano Junipero Serra instalou na área a Mission San Diego de Alcala - a primeira das 21 que foram posteriormente construídas na Califórnia. Originalmente povoada por índios, a região foi governada por Espanha, México e, desde 1846, pelos Estados Unidos.

veja também