Cidade de Cerquilho tem novo percurso para a prática do rafting

Cidade de Cerquilho tem novo percurso para a prática do rafting

Atualizado: Segunda-feira, 22 Março de 2010 as 12

Representei a Rafting Brasil nesta descida, em companhia de mais 4 rafteiros experientes: Rogério Faggione (37, Designer), Débora dos Santos (33, empresária), Lucila Takizawa (35, advogada) e Daniela Nanni (35, assessora de imprensa de esportes de aventura). O grupo se aventurou no Rio Sorocaba para análise do percurso recém-inaugurado.

Foram 12 km de percurso, sob o comando do instrutor Alexandre Henrique Faulin Vieira, percorridos em pouco mais de 3 horas. Mais conhecido como Alê, o sócio fundador da empresa que opera no Rio Sorocaba é atleta de canoagem slalom há 18 anos, carregando uma vasta experiência como campeão paulista e brasileiro na modalidade.

Alexandre conta com instrutores gabaritados para o auxílio na operação de descida e segurança, além da ajuda de sua esposa Alessandra de Fátima Faulin Vieira, na administração, apoio e atendimento ao cliente.

Dois percursos - O rio Sorocaba, palco de grandes competições de canoagem slalom, agora recebe o rafting em suas corredeiras. É formado pelos rios Sorocabuçu e Sorocamirim e a cabeceira está localizada no município de Ibiúna.

O Rio Sorocaba é amplo, com várias corredeiras centralizadas que formam grandes ondas, ideais para a prática do surf com o bote de rafting. As corredeiras são entrecortadas por grandes remansos, momento em que a natureza exuberante da região pode ser contemplada. Em época de calor, é possível praticar a flutuação e fazer paradas para nadar nas corredeiras, assim como se refrescar em uma convidativa cachoeira artificial situada na margem do rio.

Dois trechos podem ser contemplados por atletas e iniciantes no esporte, com níveis que variam entre 2 a 4. O rio é delimitado pela Ponte da Ferro Ligas que divide os trechos em dois percursos. Acima da ponte, o nível do rio chega a 4 na época de cheia, com corredeiras mais técnicas e que exigem mais precisão dos rafteiros. Abaixo da ponte, todos (de crianças a idosos) podem experimentar a aventura de uma descida de rafting, com nível 3 de complexidade.

O Rio Sorocaba oferece, enfim, muito mais do que um novo percurso de rafting no Brasil. É mais uma oportunidade de mostrar que o país tem potencial para explorar esse esporte que é pouco divulgado, mas que é acessível a qualquer tipo de pessoa. É um esporte saudável que alia natureza, atividade física, trabalho em equipe e, ainda, chama a atenção para os valores de conscientização ambiental. Sou um empresário que apoio e invisto, também, nas operações do interior paulistano.

Bastante hospitaleira, a cidade de Cerquilho conta com infraestrutura adequada para receber os visitantes do rafting. Possui uma rede de restaurantes e hospedagem de qualidade.

Colonizada por portugueses e italianos, a "Cidade das Rosas" tem apenas 61 anos de existência, mas já possui 100% de sua água tratada e a qualidade de vida é muito nítida, sem as aglomerações das favelas tão conhecidas nas capitais. Está localizada na região Centro-Leste do Estado de São Paulo, próxima à Boituva, e é uma ótima opção para finais de semana de descanso, aventura e muita adrenalina.

Por Roberto de Campos Damião

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também