Cinco caminhadas por uma Paris diferente

Cinco caminhadas por uma Paris diferente

Atualizado: Sexta-feira, 22 Janeiro de 2010 as 12

No title Paris pode ser mais do que a Torre Eiffel, o Louvre e as compras de liquidação. Segue uma proposta de cinco passeios que mostram um lado diferente da cidade mais visitada pelos turistas:

Passeio 1: Promenade Plantée, no 12do. arrondissement, Metrô Bastille

Este, que foi um viaduto para o tráfego das linhas de trem, construído em 1859, transformou-se num caminho para pedestres. Ao todo, são quase 4 quilômetros com diversos tipos de flora (roseiras, trepadeiras, limeiras e aveleiras) e, à sua volta, pelas janelas dos apartamentos, a vista fica mais ampla, com os pátios e os telhados de Paris. A parte mais elevada do caminho está conectada com as trilhas das bikes pelo traçado reto da floresta de Vincennes.

Passeio 2: Viaduto das Artes, também no 12do. arrondissement, Metrô Bastille

Ao andar pelas ruas pavimentadas você pode ver as lojas embaixo do viaduto. Há móveis, tapeçarias, fantoches. São mais de 50 diferentes artesãos que trabalham numa variedade de estilos e materiais, e que fazem do Viaduc des Arts um shopping a céu aberto. De quebra, por perto há cafés e lugares para comer.

Passeio 3: Rua Mouffetard, no 5to. arrondissement, Metrô: Censier-Daubenton ou Maubert-Mutualité

Uma rua muito turística, repleta de história. A Rua Mouffetard está num dos locais de conservação mais antiga e minuciosa de Paris, o que nos remete aos tempos romanos. Ali estão muitos restaurantes pequenos, antigos estabelecimentos, tavernas, açougues, vendedores de queijos e butiques variadas. E aos domingos, no quarteirão da igreja, a céu aberto, há um mercado de peixes frescos, frutas e vegetais, frios e queijos.

Passeio 4: Canal Saint-Martin, no 10do arrondissement, Metrô Republique

Ao longo do Canal Saint-Martin, construído em 1800, percorrer a Place de la Republique em direção à Place de la Bastille de Stalingrad é uma agradável experiência. Aos domingos, o Quai de Valmy e o Quai de Jemmapes, ruas paralelas ao canal, ficam abertas apenas para pedestres e bikes. Existem ainda as barcaças comerciais que trafegam pelo canal.

Passeio 5: Port de Plaisance de Paris-Arsena, no 12do. arrondissement, Metrô Bastille

O que fora um dia um ancoradouro da marinha francesa, hoje alberga velerios, iates e umas muito charmosas casas flutuantes. O porto liga o Sena com o Canal Saint-Martin, que leva à nascente do Canal de La Villette. Este é o percurso que fazem os cruzeiros que daqui partem. Relaxar na beira das águas calmas embaixo das árvores é uma agradável alternativa ao ritmo corrido das ruas de Paris.

veja também