Comendo em Nova York

Comendo em Nova York

Atualizado: Segunda-feira, 29 Novembro de 2010 as 11:59

A criatividade e o american way em negócios, sempre influenciaram, sem dúvida, a indústria alimentar. Da Coca-Cola, que dominou o mundo e virou ícone dos valores yankees, ao McDonald's, que implementou o Fordismo nas vendas de chesseburger. Mas não só em grandes franquias como os Sbarro's, Starbuck's, Cosi's, Wendy's e Pizza Huts's os americanos são criativos. Todo americano dono de bar, tem visão de negócios, construindo conceitos e fórmulas, eles pensam "o marketing". Desta receita surgem inovações inusitadas, lugares com malucos nos fogões, comidas inéditas e muita coisa ruim também. Nova Iorque, o epicentro da américa, está repleta de todos estes lugares. O Adoro Viagem trabalhou pesado junto a nossa rede de relacionamento para que você não caia em roubada e sempre coma bem.

Segue nossa lista definitiva, só de lugares ótimos e interessantes para se comer em Nova Iorque. Esperamos que Adorem.

SECRETOS E DIVERTIDOS

Bares e restaurantes que, mesmo na moda, são escondidos, exclusivos e uma experiência única. Já no quesito diversão, cada um tem sua particularidade cool que os tornam queridos, e a boa comida dá o toque final na experiência.

Burger Joint No lobby do elegante hotel Le Parker Meredien, embaixo de uma cortina, há uma porta. E é a porta de um boteco, sujo e detonado. Ali, seguindo as regras, bem claras numa lousa, você pode pedir o melhor chesseburger de NY e de quebra beber sua cerveja. Jogo Rápido. Vá de dia, durante as compras.

La Esquina O bêbado de rua pede um taco e o balconista mexicano mal encarado o atende com prazer. Você pode passar anos ali sem perceber, mas dentro deste lugar podre, há uma escada e um leão de chácara, uma prancheta e uma lista. Se passar dali, você estará em um dos subsolos mais concorridos da cidade: o restaurante La Esquina. Tortillas modernosas, tequilas reposado, Dj´s e muitas, mas muitas, modelos.

Beauty Bar Bar-balada decorado no estilo kitsch anos 50, frequentado por turmas de solteiros entre 20 e 30 anos, é ideal para um "girls night out", pois é conhecido como o primeiro a oferecer serviços de manicure e coquetéis juntos, num happy hour bem inusitado. Ultimamente tem tocado bastante música dos anos 80 e fica lotado, por isso, se for em um grupo grande, reserve mesa com antecedência.

PDT Este simpático restaurante, na região de Alphabetical City, está escondido dentro de uma bodega de hot dogs. Para entrar, sinta-se como Clark Kent. Vá a cabine telefônica do local, e chame por alguém. Com sorte, através da passagem secreta, este alguém virá te buscar. Pronto, você já virou o super herói de sua turma. O Barman local possui os melhores vodka cocktails da cidade.

Momofuku Noodle Bar Este é aquele lugar que você viu na TV. Os japas preperam o rango, e, nem Lebron James faria melhor, arremessam a comida em sua boca. Diversão garantida.

Tom’s Restaurant Você pode sentar à mesa, discutir o nada, e passar horas em dúvida sobre o que que pedir: Tuna Sandwich ou Big Salad? Sim, você está no restaurante tema do Seinfeld. Daqui surgiu o cenário da Série e daqui você pode conhecer a maior igreja do mundo, a Saint Pauls, e a Columbia University.

OBVIOS E INDISPENSÁVEIS

Clássicos contemporâneos de NYC, os óbvios da cidade são obrigatórios e incríveis.

Pastis O charmoso e bacana bistrô, no bull eye do meatpacking, mantém a fama e a frequência. É praticamente impossível ir a NY e não dar aquela passadinha no Pastis, seja para um tartar no almoço ou um vinho no jantar. Saia do clichê, e desta vez, faça o óbvio: tome um Ricard, com um exato dedo e meio d'água. O anísado, tornado branco, que dá nome a casa, talvez o faça enxergar as coisas e os gastos do cartão de um modo diferente.

Spice Market O local, quase como que um Outback Vietnamita, tem decoração temática e grandes proporções, mantendo algum charme. Das chapas ao vivo, espetáculo a parte, saltitam todos os patos, currys e ensopados do oriente. O arroz sempre acompanha e os drinks aliviam a pimenta. Imperdível.

FELIX No Felix, todos são felizes, porque se os donos são brasileiros, os clientes em grande parte também. Este alçapão do Soho é point pós-compras. Ao som de Jorge Ben e Danda Luna, que tal um mojito ao fim de tarde?

Gray's Papaya De todos as estrelas, só uma é o Sol, de todos os Papayas, só um é o Gray's, o original. Na madrugada, por 1 dólar, você come dois hot-dogs. Simples assim, à americana...

PJ Clarke's Recentemente com filial em Sampa é queridinho dos brasileiros seja em NY ou em casa. Mesmo parecendo clichê, é parada obrigatória, o PJ é tradição. Sem erro: Peça pelo mix de 3 burgers e um pint de sua cerveja preferida. Seu check-in está feito.

Balthazar O mesmo pessoal que você encontra a uma da manhã tentando entrar nas baladas MeatPacking com você, estará ou esteve no Balthazar. Você entendeu? Comida bacaninha, gente bonita e tals.

LUNCH TIME

São infinitas opções para o almoço em Nova York, aqui estão as IN do momento, para todos os bolsos e paladares.

Aureole A cozinha progressiva de Charlie Palmer cria pratos inovadores e ousados, deliciosos. O ambiente é incrível, está localizado na torre do Bank of America, um dos prédios mais loucos e modernos da Big Apple. Eleito o melhor para almoço de negócios em NY. Obrigatório, tanto pela comida, quanto pelo visual.

The Charles O mais concorrido e badalado restaurante do West Village recebe constantemente gente bonita. As filas são grandes, mas compensam pelo clima e boa comida.

Bar Pitti Quer comer almôndegas cheias de molho ao sugo e ainda ser descolado? Basta dar um pulo no Pitti durante o almoço para ver modeletes e colunáveis se esbaldando no italianíssimo cardápio do restaurante. Imperdível, se jogue na massa. Al Dente.

Abraço Espresso O charmoso restaurante comandado por brasileiros oferece cardápio fixo entre 15 e 25 doláres, sempre com três pratos. Um misto de quiosque, café e sabe-se lá o que, lota invariavelmente todos os dias da semana, o rango é realmente top. Bem brazuca.

Saltie O sanduba vegetariano do Saltie entra na seção almoço porque é gigante e ultra saboroso. No Brasil seria conhecido com "X-Geladeira Vegan", e mesmo só contendo folhas e vegetais, agrada ao mais sanguinário carnívoro, pode apostar.

Bar Artisanal O bar de ambiente super cool, recentemente se tornou, também, uma casa de Tapas. O cardápio ainda preserva as influencias francesas e nessa mistura, saem pratos únicos, a opção de vinhos é enorme e se bem escolhido, dá pra beber um ótimo tinto por preços legais.

WD-50 Eleito por vários o melhor "American Restaurant" da cidade, é pedida para almoço. O Cardápio é simples, mas executado com precisão. Um bom vinho sempre acompanha. Em grupos, um jantar reservado dentro da Adega é uma experiência charmosa.

Convivio O melhor carbonara da cidade, bom preço e rapidez. Perto de tudo. Ótimo para almoço. Este italiano vale a visita.

FINALMENTE, O JANTAR

Aqui não tem onde errar, a hot list da gastronomia noturna da cidade.

Mr Chow Franquia internacional. Eterno lugar da moda. As celebridades adoram e você vai gostar também. No coração de Tribeca, mais Nova Iorque impossível.

Standard Grill O restaurante abriu as portas há uma ano e atrai uma clientela jovem que deu uma nova cara à cena desse tipo de estabelecimento. O chão é decorado com moedas de 1 cent e é palco de figuras da moda e da mídia, os editores de revistas como Vogue e Elle estão sempre por lá.

SHO Shaun Hergat t Este elegantíssimo restaurante, apesar de escondido, já ostenta sua estrela no Guia Michelin. Fundado em 2009, conquistou seu lugar ao sol sendo eleito (não só pelo Michelin) o melhor menu da culinária Fusion Oriental.

Kenmare Os mesmos proprietários do consagrado Rose Bar, abrem sua nova e aguardada empreitada. Neste chiquissímo restaurante-bar, que se estende como uma balada, o politicamente incorreto é não celebrar. Porto seguro para se dar bem em NY.

Waverly Inn Este bar e restaurante do West Village é exclusivo. Anna Wintour e Cameron Diaz passam frequentemente por lá. Se você for aceito ali, considere-se um local.

Babbo Restaurant No melhor restaurante do Little Italy, as mesas são díficeis, só com reservas e paciência. Neste ambiente veramente italiano, serve-se o original e tradicional. Um Chianti ou Barolo, e um amor de ocasião, complementam a cena.

The Oak Room Novos restaurantes surgem todas as semanas em Nova York, o que rendeu à cidade o título de pólo gastronômico, mas não é à toa que você já viu em dezenas de filmes um jantar luxuoso no Oak Room. O restaurante-bar mais renomado de NY carrega com elegância seu passado de glamour, que remonta à década de 1930. Prove um delicioso steak no restaurante que é um ícone nova-iorquino.

Serviço

Quem Leva:

Século XXI Operadora

As melhores ofertas em pacotes para Nova Iorque (11) 3702-3702 www.seculoxxi.com.br

veja também