Como passar pela imigração?

Como passar pela imigração?

Atualizado: Segunda-feira, 3 Agosto de 2009 as 12

1º - Não tente ludibriar as autoridades. Como estamos falando de mochilão, a situação vai se direcionar para o caso de Turismo. Você estará entrando como turista no país. Mesmo que a sua intensão seja angariar contatos para futuros projetos (intercâmbio, trabalho, etc) vá com o propósito definido de mochilar. Tudo fica mais fácil quando temos um objetivo concreto para a viagem.

2º - Só responda o que te perguntarem e de preferência com a maior cara de turista/mochileiro. Feliz da vida por estar começando a maior aventura! Vestido como turista/mochileiro e tudo mais…

3º - Para comprovar que tem fortes vínculos com o Brasil (somente se te pedirem para comprovar o que você já respondeu verbalmente), tenha tudo documentado em mãos (numa pastinha de preferência). Comprovante de matrícula na faculdade/escola (peça na secretaria da escola uma declaração de que estuda lá), declaração de trabalho dizendo que você é um funcionário da empresa e está de férias, tudo em inglês ou no idioma do país que vai mochilar, com carimbos e telefones para contato/confirmação da veracidade dos documentos. Também leve a carteira de trabalho.

4º - Passagem de volta com data marcada. *Extremamente importante*

5º - Se você só estiver de passagem pelo país, saiba dizer quantos dias pretende ficar por lá, mesmo que seja um número aproximado.

6º - Tenha um guia e mapa do país com o seu roteiro e datas de realização das atividades, mesmo que você saiba que algumas coisas podem mudar no meio do caminho, isso passa segurança. Saiba dizer as cidades que pretende visitar. Isso mostra que você tem a visão turística do país (sitios arqueológicos, monumentos importantes…

7º - Verifique se o seu passaporte ainda tem validade por no mínimo 6 meses.

8º - Ter carimbos no passaporte deve ajudar bastante, já que dá uma idéia de que você já anda viajando por aí. Vale levar um passaporte antigo se tiver.

9º - Tenha um seguro-saúde com cobertura de 30 mil euros (a maioria dos países do tratado de Schengen exigem).

10º - Se levar dinheiro em espécie, certifique-se que tem no mínimo 60 euros por dia (em países como a Espanha) para confirmar as suas condições finaceiras. Some isso ao comprovante de limite do cartão de crédito. Também vale ter em mãos um extrato da conta bancária.

11º - Não fique e nem demonstre que está apressado para sair daquela situação. Curta bastante esse momento, afinal você está com a verdade do seu lado, tudo que te perguntarem é possível comprovar! Trate o oficial com toda educação que qualquer ser humano merece, ele sóm está fazendo o trabalho dele como qualquer profissional!

Em todo caso, só responda o que te perguntarem da forma mais natural e clara possível.

Os comprovantes devem ser mostrados a medida que o oficial vai pedindo. Normalmente só pedem o comprovante da compra da passagem de volta.

É comum eles fazerem a mesma pergunta duas ou três vezes para ver se você se contradiz ou fica nervoso.

veja também