Conheça as praias brasileiras que têm nomes românticos

Conheça as praias brasileiras que têm nomes românticos

Atualizado: Sexta-feira, 15 Julho de 2011 as 9:22

O Brasil tem mais de 2 mil praias em seus mais de 8 mil km de litoral, com nomes de todo tipo. Nomes banais, nomes dados pelas suas formas, nomes engraçados, e , claro, nomes que evocam o romance, a paixão e o amor. Por exemplo, a Praia dos Amores, a apenas 6 km do Balneário Camboriú, em Santa Catarina, tem boas ondas para os surfistas, uma bela paisagem e muita animação entre os que ficam na areia. Ou a Praia do Romance, em Caraguatatuba, no litoral paulista; é uma das mais preservadas e menos frequentadas, o que justifica o seu nome para um passeio a dois numa praia tranquila, longe de olhares curiosos. Caraguatatuba, conhecida carinhosamente como Caraguá pelos seus freqüentadores assíduos, fica no litoral norte de São Paulo, a cerca de 180 km da capital. Destino favorito de milhares de paulistanos.

E tem a Praia do Amor, que fica na Praia da Pipa, no litoral do Rio Grande Norte. Seus maiores atrativos são as falésias, com muita vegetação e boas ondas para o surfistas. O que lhe deu nome foi seu formato especial, que lembra um coração. A noite é uma atração à parte. Cosmopolita e agitada, a balada pipense costuma durar pelo menos até o sol nascer. E o melhor: ela é frequentada por jovens do mundo todo que se entregam mesmo ao molejo do forró regional ou às batidas do tecno.

O município do Prado, na Bahia, situa-se na Costa das Baleias, uma das áreas mais belas do litoral do País, com praias paradisíacas e águas turquesas, 800 km ao sul de Salvador. Aqui a coisa esquenta um pouco. A 11 km do centro de Prado, há a Praia da Paixão, com águas tranquilas, falésias e recifes. E quem quiser arriscar, pode ter uma vista aérea da cidade fazendo um voo de ultra-leve ou de paraglider. A cidade de Prado é um dos destinos turísticos mais procurados do extremo sul da Bahia. Com seus 87 km de praias paradisíacas e reserva de mata atlântica ainda preservada, a cidade é uma boa opção de roteiro turístico.

Ainda na Bahia, existe a Praia do Jardim dos Namorados. Situada no bairro da Pituba, um dos melhores bairros da capital baiana, a praia não é adequada para banho por causa de seu mar agitado e suas pedras, mas isso não impede os surfistas de se divertirem no local.

Já no Rio Grande do Sul, tem a Praia da Querência, um trecho da famosa Praia do Cassino - considerada a maior praia do mundo em extensão -, muito apreciada por famílias, surfistas e pescadores. Aqui encontra-se uma natureza preservada, com pinguins, leões e lobos marinhos. Mais sensual, o Balneário dos Prazeres é um dos três da Praia do Laranjal, em Pelotas, no Rio Grande do Sul. Com uma pequena extensão de areia, o Balneário dos Prazeres oferece muita vegetação para relaxar ao ar livre.

Para aqueles que associam romance com amores proibidos há a Praia do Pecado, situada no município de Macaé, ao lado da Lagoa de Imboassica, no Rio de Janeiro. Tem 6 km de cumprimento e é muito procurada por surfistas e bodyboarders desejando aproveitar suas fortes ondas.

Mas, para outros, amor é sinônimo de paraíso. E tem praia com esse nome. A Praia do Paraíso fica a 50 km do Recife e é pequena, com 30 metros dentro de uma reserva de Mata Atlântica, considerada a menor do Estado. Apesar de parecer deserta à primeira vista, esta praia tem diversos barzinhos colados no paredão que a rodeia e um bar flutuante que pertence à única pousada das redondezas, cujo nome, claro, é Pousada Paraíso.

Para os amores angelicais, tem a Praia dos Anjos, em Arraial d'Ajuda, no litoral fluminense, que encanta pelas suas águas mornas e cristalinas. A praia é muito procurada por mergulhadores, que partem do local até lugares mais afastados e tranquilos.

E como o amor nem sempre acaba bem, existe a Baía da Traição. Trata-se de um município histórico da Paraíba, com praias de água cristalina como a Praia do Coqueirinho, a Praia a Trincheira e a própria Baía da Traição, que dá nome ao município. Outro destino para escapar com seu amor é para a Praia do Refúgio, que fica em Aracaju (SE), com águas calmas, coqueiros e diversas barracas pela orla.

fonte: Terra

veja também