Conheça o Cristalino Jungle Lodge

Conheça o Cristalino Jungle Lodge

Atualizado: Quarta-feira, 31 Março de 2010 as 12

Lá de cima, do topo da torre de 50 metros de altura, só se vê floresta. Quilômetros e quilômetros dela. O visual das copas das árvores é deslumbrante, mas o que chama a atenção mesmo são os sons. Biguatingas, japus, harpias, garças-reais e outras aves tão belas quanto raras na maior cantoria. E tucanos, araras e periquitos em pleno voo.

O Brasil é um dos países mais ricos em espécies de pássaros: das 9.700 catalogadas no mundo, cerca de 3.100 estão na América do Sul, mais de 1.700 entre nós. Elas funcionam como um ímã para cientistas, ecologistas e viajantes - especialmente os estrangeiros. Mato Grosso, considerado meca dos gringos, finalmente começa a ser descoberto por brasileiros.

É lá que fica o Cristalino Jungle Lodge, mais precisamente em Alta Floresta, onde é feita a observação de pássaros.

Localizado na região norte do estado, próximo ao rio Cristalino, o hotel oferece um pouco de aventura à la Tarzan: águas transparentes, árvores enormes, macacos de vários tipos, cores e tamanhos, borboletas multicoloridas, insetos, umidade, calor e muitas, muitas aves. Despontando acima desse ecossistema está a torre Haven, presente de Tim Haven, professor da universidade americana de Stanford, que se encantou tanto com o lugar que financiou sua construção.

Chegar ao Cristalino Jungle Lodge, não é coisa fácil, mas o percurso deve ser encarado como parte do encanto da viagem. O visitante desembarca em Alta Floresta, via Cuiabá, e pega uma voadeira, aqueles barcos de alumínio com motor de popa, para então alcançar a foz do Cristalino. Trinta minutos depois, chega a uma clareira no meio da selva. Lá estão chalés confortáveis feitos de madeira certificada, camas king size, varanda com rede e uma selva amazônica que parece infinita ao redor.

Não é para menos que a prestigiada revista Condé Nast Traveler premiou o Cristalino Jungle Lodge com o World Savers Awards 2008, um importante e respeitado troféu de preservação ambiental.

Araras-azuis no Cristalino Jungle Lodge

A floresta vista do alto da torre de observação

Mais fáceis de se observar à noite, algumas corujas aparecem de manhã para dar uma olhada...

Serviço:

Cristalino Jungle Lodge

Tels.: (66) 3521-1396 e (66) 3512-7100

Como chegar

De avião, chega-se a Alta Floresta via Cuiabá ou Brasília. A OceanAir (www.oceanair.com.br) tem voos regulares para a cidade. Uma vez em Alta Floresta, é preciso pegar uma voadeira, barco de alumínio que leva ao lodge.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também