Conheça programas para aproveitar Nova York na primavera

Conheça programas para aproveitar Nova York na primavera

Atualizado: Quinta-feira, 15 Abril de 2010 as 12

Em qualquer época do ano, Nova York oferece uma infinidade de passeios culturais e programas gastronômicos que entretém qualquer turista. A estação da primavera, no entanto, pode ser uma opção bastante agradável para visitar a cidade norte-americana, que se apresenta tomada por árvores floridas e menos fria. Para quem pretende dar uma voltinha por ali nos próximos meses, a jornalista Maria Luiza Porto, que visita Nova York em abril, dá algumas dicas. Confira:

Exposição

Até 26 de abril, o MoMA exibe a mostra sobre o cineasta Tim Burton. Segundo Maria Luiza, a procura pelos ingressos é tão grande que a fila começa a se formar antes de a bilheteria abrir e chega a dar a volta no quarteirão. Para organizar a entrada, foram estabelecidos horários de visitação, assim a jornalista adquiriu seu ticket às 11h e só pode conhecer a exposição às 15h. O passeio, no entanto, é "obrigatório", afirma. "O mais interessante são os itens de arquivo, os desenhos e redações do colégio que já mostravam o humor negro afiadíssimo de Tim Burton. É uma verdadeira jornada através da mente criativa do artista", conta.

Quem passar pelo local também pode desfrutar, até 31 de maio, da mostra "Marina Abramovic: The Artist Is Present" (Marina Abramovic: a artista está presente). O acervo reúne registros de intervenções, vídeos, performances e fotografias da artista plástica. Com sorte, é possível se deparar com ações da própria Marina por ali. Na tarde em que Maria Luiza esteve no MoMA, Abramovic ficava no pátio principal encarando os visitantes que se dispusessem a sentar de frente a ela.

The Museum of Modern Art - 11 West 53 Street, Nova York, NY. (212) 708-9400. Seg., qua., qui., sáb. e dom.: 10h30 às 17h30. Sex.: 10h30 às 20h. Fechado às terças-feiras. Ingr.: até US$ 20. www.moma.org

Gastronomia

O bairro do SoHo guarda alguns dos restaurantes mais charmosos de Nova York. A dica de Maria Luiza Porto é o italiano I Tre Merli, "que impressiona por seu pé direito altíssimo, belas paredes com tijolos aparentes e iluminação indireta por conta de luminárias penduradas", conta. As mesas espaçadas e os sofás de couro vermelho contribuem ainda para o estilo descolado e moderno do local.

Entre as bebidas, a carta de vinhos dispõe de opções de taça a uma média de US$ 9. Para a entrada, Maria Luiza recomenda a terrine de foie gras, a US$ 10. Já para o prato principal, o visitante pode provar criações como o ravióli de cogumelos selvagens com molho de trufas, por US$ 14, ou o penne à la vodca, pelo mesmo valor.

O restaurante tem outras unidades na Itália e na própria cidade de Nova York.

I Tre Merli - 463 West Broadway. (212) 254-8699

Noite

Para quem não dispensa uma balada, a sugestão é a Happy Ending, em Chinatown. O letreiro da entrada, que diz "Xie He Health Club", mascara o espaço, mas o interior revela um clube que ocupa uma antiga casa de massagem, com as salas de sauna aparentes. Para entrar na casa de iluminação colorida e sofisticada, não é preciso pagar nem encarar a temida seleção de um "door" --figura que analisa, nas casas noturnas de Nova York, quem pode entrar.

A música é dançante e mescla hits antigos a atuais, incluindo Michael Jackson, The Ting Tings e The Gossip. Os drinques ficam na faixa de US$ 9 e são mais um motivo para que o público composto por jovens de vinte e tantos anos se joguem na pista de dança até as 4h.

Happy Ending - 302 Broome St (entre a Forsyth Street e a Eldridge Street). (212) 334-9676. Ter.: 22h às 4h. Qua. a sáb.: 19h às 4h. www.happyendinglounge.com

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também