Copa 2014: gastos de visitantes farão receita de hotéis atingir R$ 2,1 bilhões

gastos de visitantes farão receita de hotéis atingir R$ 2,1 bilhões

Atualizado: Sexta-feira, 25 Junho de 2010 as 10:05

Os hotéis devem comemorar a realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil. As receitas geradas pelos gastos dos turistas internacionais na hotelaria devem atingir R$ 2,126 bilhões, revelou pesquisa da Ernst & Young, realizada em parceria com a FGV (Fundação Getulio Vargas).

E, para não fazer feio, o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) lançou no começo deste ano, junto com o Ministério do Turismo, uma linha de crédito de R$ 1 bilhão para construção e reforma de hotéis e pousadas.

O programa denominado ProCopa Turismo pretende incentivar o comprometimento ambiental do setor, ao oferecer condições mais favoráveis aos projetos que levam em conta a preocupação energética e a sustentabilidade ambiental.

Devido à realização da Copa do Mundo no Brasil, haverá um aumento de até 79% no fluxo de turistas internacionais em 2014, com impactos até superiores nos ano subsequentes. No período de 2010 até o ano do campeonato, o número de visitantes internacionais adicionais deve chegar a um total de 2,98 milhões.

Turismo internacional

Os turistas estrangeiros que virão assistir à Copa ainda deixarão R$ 902,88 milhões em gastos com alimentação e R$ 831,60 milhões com compras, conforme mostra a tabela a seguir:

Setor                        Despesa com consumo dos visitantes

Hotelaria                  R$ 2,126 bilhões

Alimentação            R$ 902,88 milhões

Compras                 R$ 831,60 milhões

Transporte              R$ 528,66 milhões

Cultura e lazer        R$ 516,78 milhões

Comunicações       R$ 273,24 milhões

Outros

(serviços médicos e jurídicos, etc.) R$ 760,32 milhões

veja também