Crise internacional reduz gastos de turistas estrangeiros no Brasil

Crise internacional reduz gastos de turistas estrangeiros no Brasil

Atualizado: Quinta-feira, 2 Julho de 2009 as 12

A crise econômica mundial trouxe efeitos negativos para o turismo no Brasil. Segundo o ministro do Turismo, Luiz Barretto, a queda no volume de dinheiro deixado pelos turistas estrangeiros no Brasil nos cinco primeiros meses deste ano foi de 12%.

"A crise no mercado europeu e norte-americano significou menos europeus e norte-americanos aqui. O mercado corporativo e as viagens de incentivo foram muito afetados", afirmou o ministro, que participou ontem, 1º de julho, da abertura do 4º Salão do Turismo, em São Paulo.

De acordo com o ministro, a crise também diminuiu os gastos dos turistas brasileiros no exterior. "Caiu 22% o gasto de brasileiros no exterior e caiu 12% o gasto de estrangeiros aqui no Brasil. A atividade turística no mundo todo está sofrendo um abalo devido à crise econômica".

Os turistas estrangeiros gastaram US$ 2,164 bilhões no Brasil entre janeiro e maio de 2009, contra US$ 2,473 bilhões no mesmo período do ano passado. Na mesma comparação, os gastos de brasileiros em viagens ao exterior caíram de US$ 4,487 bilhões para US$ 3,476 bilhões. Os motivos para as despesas foram a queda na renda dos brasileiros com a desaceleração da economia e a desvalorização do real frente ao dólar.

Segundo Barretto, o Ministério do Turismo tem lutado para manter o resultado do ano passado, compensando a ausência de turistas estrangeiros com o impulso do turismo doméstico. "Tenho certeza que a força do turismo doméstico e nacional vai compensar", disse o ministro.

veja também