Descubra as dez ilhas mais fascinantes do mundo

Descubra as dez ilhas mais fascinantes do mundo

Atualizado: Quarta-feira, 1 Dezembro de 2010 as 11:53

Desde que A Ilha do Tesouro conheceu sucesso editorial, as ilhas ocupam um espaço privilegiado na imaginação de viajantes e aventureiros. Ilha pode ser sinônimo de exotismo e romantismo, mas também de luxo e até de espiritualidade. Uma ilha pode ser o local certo para se reencontrar com um amor, com uma vocação, com você mesmo. Por isso, o guia Time Out selecionou dez das mais fascinantes e inspiradoras ilhas do mundo.

Nessa lista, você encontrará desde locais rústicos cuja cultura pré-moderna foi conservada na América do Sul até ilhas caribenhas de mar azul e sol incessante. Em Lampedusa, na Itália, um filhote de tartaruga saindo do meio de uma duna pode surpreender até mesmo o visitante mais preparado. Quente ou fria, exótica ou clássica, escolha a sua própria ilha da fantasia.

Lampedusa (Itália) - Graças ao clima desértico e ao solo onde predomina uma espécie de rocha branca, essa ilha dificilmente suporta qualquer tipo de agricultura, mas seu clima predominantemente quente e a areia branquinha fazem dela um excelente destino para as férias. No mês de setembro, tartarugas enterram seus ovos nas dunas da praia de Coelho antes de voltar para o mar. Os filhotes nascem em novembro.

Cape Breton (Canadá) - Com sua costa acidentada, terreno ondulado e vales glaciais, a ilha rochosa e verde frequentemente aparece entre as cinco mais bonitas do mundo. Nos séculos 18 e 19, milhares de escoceses chegaram à província, que foi chamada Nova Escócia, após serem expulsos de seu país. A influência gaélica pode ser percebida na música de violino e no tipo de dança que ainda se encontra nos pubs.

Ilha de Chiloé (Chile) - Envolta em mitos e névoas, Chiloé é uma ilha luxuriante ao sul de Los Lagos. Como sua modernização ocorre de forma mais lenta do que no continente, o local preservou muitas das casas e igrejas de madeira e azulejos, e as duas principais cidades da ilha, Castro e Ancud, têm uma aura pré-moderna. A especialidade local é o marisco e o prato típico é o curanto - mariscos assados em uma fogueira, envoltos em folhas.

Ilha Christmas (Austrália) - Descoberta pelo capitão William Mynor, da Companhia das Índias Orientais, em dezembro de 1643, a ilha parecia um paraíso na Terra. E não mudou muito desde aqueles tempos. Apenas 1,4 mil pessoas moram lá e 65% do seu território permanece intocado por fazer parte de um parque nacional. Algumas vezes é chamado pelos australianos de Galápagos do Oceano Índico, devido aos pássaros e à vida marinha, ricos e singulares.

Curaçao (Venezuela) - O nome da ilha, derivada da palavra 'coração', deu origem ao licor de laranja curaçao blue, de marcada cor azul, usado para colorir drinques. Curaçao é uma longa e estreita faixa de terra no Caribe, cuja população é uma mistura de afro-caribenhos, asiáticos e portugueses judeus. A beleza das águas em tom azul-esmeralda costuma atrair casais em lua-de-mel.

Ilha de Páscoa (Chile) - A ilha, que os polinésios chamam de Rapa Nui, foi batizada de Páscoa por marinheiros holandeses que chegaram lá em 1722. Afastada do resto do mundo, tem sido fonte de inspiração de poetas e místicos ao longo do anos. Apesar de fazer parte do Chile, a ilha tem características próprias, como os moais - estátuas talhadas em rochas gigantescas que parecem sentinelas olhando ao infinito.

Faroé (Noruega) - Sem os movimentos e modismos das Europa, as Ilhas Faroé são mais rústicas e apresentam características mais nórdicas do que as encontradas no continente. Sua língua, música e culinária mantêm identidade própria. Peixes e carne de baleia frequentemente estão nas mesas de jantar locais e algumas casas têm o telhado feito de folhas.

Porto Rico (Caribe) - O arquipélago é um dos berços da salsa e San Juan é a capital mundial do reggaeton. Mas quem não dança e procura por um pouco de tranquilidade também vai adorar a floresta, o deserto, a praia e as grutas. Isso, sem contar com a simpatia inveterada dos locais: difícil alguém andar na rua sem trocar palavras e sorrisos com as pessoas em volta.

Santa Catarina (Brasil) - Parte da cidade de Florianópolis e situada na ilha de Santa Catarina, muito popular entre gaúchos e argentinos. Além das belezas naturais, há muitas opções de lazer, como esportes náuticos e radicais e ecoturismo. Águas termais, dunas, cachoeiras, parques e áreas de camping completam o quadro.

Vanuatu (Austrália) - O nome do arquipélago significa 'a terra que sempre existiu' na língua local. O aqrquipélago é formado por 83 ilhas - muitas delas vulcânicas. Além da clássica beleza do sul do Pacífico, com locais de mergulho inacreditáveis, Vanuatu também é rico em cerimônias e danças indígenas. Entre as aventuras possíveis estão o rapel em cachoeiras e passeios noturnos por ilhas desabitadas.

veja também