Destinos do Brasil: Angra dos Reis

Destinos do Brasil: Angra dos Reis

Atualizado: Sexta-feira, 15 Abril de 2011 as 10:59

Angra dos Reis dispõe de 365 ilhas e duas mil praias repletas de belezas naturais, lendas e badalações.

Para conhecer bem este pedaço da Costa Verde Fluminense, só mesmo com um passeio de barco, em que se pode observar desde o mar de águas cristalinas, até as mansões erguidas nas ilhas particulares pelos ricos e famosos.

Dentre todas as suas ilhas, a Ilha Grande se sobressai. Considerada um paraíso dos aventureiros, com muitas trilhas, cachoeiras e praias desertas, a Ilha teve importante papel no cenário histórico-cultural do Brasil por abrigar durante quase 60 anos um presídio.

No passado, Angra dos Reis foi um dos portos mais importantes do litoral fluminense. Ali aportaram navios carregados de materiais vindos do outro lado do mundo e também de escravos para suprir a mão-de-obra nas lavouras cafeeiras de São Paulo e Rio de Janeiro.

Atualmente, além de ser um ponto de referência do turismo, Angra é palco de discussões pela instalação das únicas usinas nucleares brasileiras, Angra I e Angra II

PRINCIPAIS ATRATIVOS

Ilha da Gipóia - Tem águas calmas, transparentes e verdes. Sua vegetação é bastante densa, com a parte voltada para o continente já desmatada em alguns pontos. A face sul apresenta aspecto mais selvagem e com poucas praias. Os Costões da parte sul da ilha são os melhores pesqueiros, sendo comum a pesca submarina amadora. O mar é calmo, quase sem ondas em algumas praias e, em outras, com ondas que propiciam a prática do surf.

Piedade - A praia possui 150 m de extensão, com águas verdes, transparentes, mornas e com profundidade média de 1,5 m. Suas areias são finas e claras, sendo ótima para banhos de mar. Conta com vegetação densa na encosta e de pequeno porte junto à faixa de areia, além de coqueiros e bananeiras sempre presentes em toda a região. No extremo esquerdo da prais, um riacho no extremo esquerdo da praia e a pequena Igreja da Piedade (Ponta da Piedade) completam a paisagem local.

O ponto de partida para os passeios náuticos é a própria cidade de Angra dos Reis, no continente. Existem ilhas particulares, que ostentam luxuosas mansões, e outras abertas à visitação. Nestas, há praias de areia fina e águas claras e calmas, boas para o mergulho.

Estrada do Contorno - Passeio no continente que leva a diversas praias, desde as mais badaladas, como a Praia Grande, até as mais vazias, como a Praia do Retiro. Destaque para a Praia do Tanguazinho e para construções históricas como a Ermida do Bonfim (1780) e o Colégio Naval.

Ilha da Gipóia - O nome da ilha vem de jibóia, pois seu formato se assemelha ao de uma cobra. Ali se encontram as badaladíssimas praias de Jurubaíba e das Flechas. Há também boas opções para os surfistas, como as praias Grande e de Feras. A praia da Piedade é ótima para famílias e a praia do Amaral não possui infra-estrutura, estando sempre mais deserta.

Ponta Leste - A Praia do Coqueiro é vazia e nela há vestígios do início da construção de uma ferrovia abandonada. A Praia do Maciel possui boa infra-estrutura, sendo bem movimentada. Na Ponta Leste aconteceram alguns naufrágios, que podem ser uma atração para os mergulhadores.

Ilhas - Angra possui 365 ilhas. Algumas delas se destacam, como a Ilha dos Porcos, as Ilhas Botinas, que são o cartão postal da região, a Ilha de Itanhangá, que possui opções de trilhas, escaladas, canoagem e mergulho e a Ilha Grande, a mais famosa de todas, repleta de aventuras e praias paradisíacas.

Cachoeiras - Na Serra do Mar existem diversas cachoeiras e corredeiras, entre elas a Bracuhy, a Ariró, a Branqueta e a Capureta.

Praias - No continente, próximo às usinas, está a Praia Brava, procurada pelos surfistas, e a Praia Secreta, totalmente deserta. Ainda ali perto, está Mambucaba, uma vila histórica que preserva antigos casarões.

Atrações Culturais - Igrejas e casarões tombados pelo patrimônio cultural, cujas construções datam do século XVIII.

Edifício do Paço Municipal - Abandonado na década de 1920, chegou a ruir. Restaurado em 1930, é até hoje a sede do governo municipal.

Chafariz da Chácara da Carioca - Construído em 1842, ainda em funcionamento, tem cinco bicas. Diz a lenda que as pessoas que tomarem água da bica do meio não conseguem mais deixar Angra.

Antiga Casa da Câmara e Cadeia - Construção da primeira década do século XVIII, é atualmente a sede da Câmara Municipal.

Mansão do Morcego - Construção que pertenceu ao pirata Juan de Lorenzo. Ela e o antigo aqueduto datam do século XIX (na Ilha Grande).

Golfe - Hotel do Frade & Golf Resort - O campo foi projetado por Dave Thomas e Peter Allis com 18 buracos, par 72, distribuídos em 6.420 jardas. Os equipamentos necessários - bolas, bolsas de golf, hand carts, carros a gasolina - e a estrutura de apoio estão à disposição dos hóspedes para aluguel. Se preferir, instrutores podem ser contratados para ensinar os fundamentos do esporte. O circuito tem um interessante percurso, de 6.420 jardas, entre pequenas montanhas, cruzando rios cristalinos e lagos naturais, chegando, em sua parte mais elevada, às encostas da Mata Atlântica. O campo oferece um desafio para golfistas, com cinco de seus buracos apresentando distâncias de cerca de 500 jardas e par 5.

Além dos roteiros com atrativos culturais e inúmeros passeios de barco, Angra ainda oferece caminhadas pelas trilhas abertas na Mata Atlântica.

O Centro de Informações Turísticas dispõe de informações a respeito de: passeios de barco, curso de mergulho, caminhadas ecológicas, reserva indígena, festas tradicionais, histórias e lendas

LOCALIZAÇÃO E ACESSO

Localização:

Angra dos Reis está localizada na Costa Verde fluminense, entre São Paulo e Rio de Janeiro, às margens da Rio-Santos (BR-101).

Como chegar:

Rodoviário - Saindo do Rio de Janeiro, pela BR-101, são 133 km de estrada pavimentada. Além deste, existe o Caminho do Ouro, de Cunha para Paraty, somente para veículos 4X4. Mas a opção mais rápida é seguir a Via Dutra (BR-116) até Barra Mansa, no Estado do Rio de Janeiro, e daí descer a Serra até Angra por uma estradinha de asfalto com túneis cravados nas pedras, por cerca de 96 km.

Aéreo - O aeroporto de Angra atende principalmente pequenas aeronaves particulares.

Marítimo - Por mar é o mais bonito dos acessos à Angra dos Reis. Embora não haja serviço de linhas regulares, quem vem de iate ou outra embarcação encontra muitas opções nos ancoradouros das marinas e nos iates-clubes da cidade. Para os que gostam de navegar, existe um shopping com estacionamento para 500 lanchas

veja também