Destinos do Brasil: Itacaré

Destinos do Brasil: Itacaré

Atualizado: Quarta-feira, 20 Abril de 2011 as 10:06

Durante muitos anos, o acesso difícil - mais de 50 km de estrada de terra - manteve Itacaré fora do tempo. Em 1998 foi terminada a estrada de asfalto que liga Ilhéus a Itacaré, trecho da BA-001 que percorre o litoral baiano.

Desde então, o número de turistas que vai a Itacaré está sempre crescendo. Muitos hotéis, pousadas e restaurantes foram construídos. Lamentavelmente, a prefeitura municipal não está realizando as obras de infra-estrutura básica necessárias para melhorar a qualidade deste crescimento.

O turismo está ainda pouco desenvolvido. A alta estação não dura mais que dois meses. Muitas praias continuam desertas durante a maior parte do ano. Itacaré continua sendo o refúgio dos amantes da natureza, do surfe, da capoeira e da Bahia autêntica.

Com suas ruas de paralelepípedos e seus antigos casarões, a cidade conservou todo o charme do passado. Só mudou o ambiente. Muitos bares e restaurantes fazem da noite de Itacaré uma das mais animadas da região.

O litoral de Itacaré é uma sucessão de praias e de morros cobertos por florestas e coqueirais. As praias localizadas perto da cidade são as mais freqüentadas e possuem boa infra-estrutura turística. As praias mais afastadas são desertas e lindíssimas, mas poucas oferecem acesso para carros. Algumas praias são tão pequenas e escondidas que nem constam nos guias turísticos

Praia do Resende - Perto do centro, mas sem infra-estrutura, a Praia do Resende fica em uma área de proteção visual onde qualquer construção é proibida. Pequena enseada com imensos coqueiros, areia branca, piscinas naturais e ondas boas para surfar, a Praia do Resende é uma das mais tranqüilas de Itacaré. O acesso se faz a pé por uma pequena trilha que sai da rua principal (o Caminho das Praias) onde é possível estacionar.

Praia da Concha - A praia com maior infra-estrutura turística de Itacaré. Localizada perto do centro da cidade, a Praia da Concha possui águas calmas, sem ondas, e muitos coqueiros. Várias cabanas servindo bebidas e tira-gostos fazem da Concha a praia mais agitada do verão. Voltada para o norte, de frente para a enseada do Rio de Contas, a praia oferece um dos mais lindos visuais de Itacaré. O final da praia, perto do farol, é o melhor lugar para apreciar o pôr-do-sol.

Praia da Tiririca - Com ondas fortes, a Praia da Tiririca é freqüentada o ano inteiro pela galera do surf. É considerada o melhor pico de ondas da Bahia.

Praia do Costa - Pequena praia com muitos coqueiros, a 1 km da cidade. Localizada entre a Tiririca e a Ribeira, a Praia do Costa possui areia branca e solta. Apesar do acesso fácil, não há nenhuma infra-estrutura. Pouca gente frenqüenta esta praia. Nadar aqui é perigoso em razão das fortes correntezas. Se não for para curtir o lindo visual, é melhor ir nas praias vizinhas.

Praia da Ribeira - Belíssima praia cercada pela Mata Atlântica. Um riacho desce da serra formando cachoeiras, até uma represa, criando uma piscina de água doce. Última praia acessível de carro pelo Caminho das Praias, a Ribeira possui estacionamento e várias cabanas servindo bebidas e tira-gostos. É bastante freqüentada durante os fins de semana e feriados. Quem quer sossego pode pegar as trilhas que saem da Ribeira e levam à praia do Siriaco e à Prainha.

Prainha - O cartão-postal de Itacaré. E isso não é por acaso, esta praia é considerada uma das mais belas do Brasil. A enseada da Prainha tem uma forma absolutamente simétrica, com dois morros verdes ao norte e ao sul da praia, e um belíssimo coqueiral junto à areia. Freqüentada por surfistas, a praia não oferece nenhuma infra-estrutura, apenas uma barraca que vende água de coco.

Praia do Siriaco - Pequena e escondida, o Siriaco é talvez a praia mais secreta de Itacaré. Se chega lá a pé por uma trilha que sai da Praia da Ribeira. São apenas 15 minutos de caminhada.

Praia da Coroinha - Praia urbana com areia escura no centro de Itacaré. Não é aconselhada para banhos.

Praia de São José - Linda praia com ondas fortes, areia branca e muitos coqueiros. Fica numa área de proteção ambiental, dentro do complexo ecoturístico Villas de São José. Na praia de São José estão hotéis e residências de alto padrão, além de restaurantes de qualidade com cozinha sofisticada.

Praia da Engenhoca - Linda praia deserta, cercada por coqueiros e Mata Atlântica. Um riacho desemboca no canto sul. Tem boas ondas e é bastante freqüentada por surfistas.

Havaizinho - Uma das melhores praias de surfe de Itacaré. Tem recifes, coqueiros e ondas fortes. Fica quase deserta a maior parte do ano.

Praia de Jeribucaçu - Situada na área de uma fazenda particular, esta praia lindíssima fica quase deserta o ano todo. O Rio Jeribucaçu desemboca aqui, num cenário paradisíaco, saindo de uma área de mangue preservada.

Praia do Pontal - Ao norte do Rio de Contas, mais de 50 km de praias desertas e coqueirais. Com boas ondas, as praias de Pontal e Piracanga oferecem ótimas condições para a prática do surf. Mais ao norte, as praias de Algodões, Saquaíra, Cassange, Taipus de Fora e Barra Grande esperam os amantes da natureza e da tranqüilidade.

Praia de Itacarezinho - Apesar do diminutivo, a praia é imensa. O canto norte é também chamado Camboinha. Com 3,5 km de extensão e muitos coqueiros, a praia de Itacarezinho tem ondas boas para surfar. É um ponto de desova de tartarugas marinhas. Na ponta norte, uma cascata de água doce desce da mata e cai diretamente na areia.

Serra Grande - Ao sul do Rio Tijuipe, lindas praias virgens se extendem por vários quilômetros: as praias de Serra Grande, na Área de Proteção Ambiental, estão agora acessíveis pela Estrada Parque que liga Ilhéus a Itacaré. A praia do Sargi, com 4,5 km de extensão, areia fina, águas transparentes, arrebentação lenta e correntes de águas mornas, concentra a maioria das pousadas, bares, restaurantes e cabanas. A Praia do Pé de Serra é um local privilegiado para observar a chegada das jangadas. De acesso restrito, as praias do Pompilho, da Prainha, do Guedes e da Foz do Tijuipe são natureza pura.

Área de Proteção Ambiental: Itacaré / Serra Grande - Criada pelo governo do Estado da Bahia, tem aproximadamente 16 mil hectares, ocupando uma faixa litorânea de aproximadamente 6 km de largura por 28 km de comprimento. Limita-se ao norte pela foz do Rio de Contas, ao sul pelo Riacho do Sargi e ao leste pelo Oceano Atlântico.

Rafting e Rapel - Com veículo 4X4, parte-se da pousada em direção a Taboquinhas, a 34 km de Itacaré, sendo 28 km em estrada de terra com 1h de duração. Chegando em Taboquinhas, os passageiros recebem instruções e equipamentos necessários para o Rafting / Rapel. O Rafting acontece nas corredeiras do Rio das Contas, em meio a um Canyon, nível III e IV, com muita adrenalina e duração de 1h30. O Rapel (cascading) é feito na bela Cachoeira de Noré, com 15 m de altura. A descida parte do meio da Cachoeira, com 10 m negativos.

Bike - Saídas da pousada às 9h, com destino a trilhas com graus de dificuldades variados e em trechos de 10, 15 ou 20 km. Todas as trilhas passam por cachoeiras e/ou praias. Todo o equipamento de segurança é fornecido e os visitantes são acompanhados por guia especializado.

Duck - As saídas acontecem às 9h30. De veículo chega-se até o Rio Tijuípe, localizado entre os municípios de Itacaré e Uruçuca, onde se iniciam os passeios em Ducks (caiaques infláveis). O Rio Tijuípe tem suas nascentes na Serra do Conduru e sua foz na Praia do Patizeiro. Os passeios em ducks são feitos em trechos do rio com extensão de 4 km, água limpa e transparente. Corredeiras, banhos refrescantes e o contato com uma exuberante mata ciliar completam este passeio. A idade mínima aceitável dos passageiros é de 10 anos. Os equipamentos são fornecidos e há uma instrução prévia para a prática de canoagem.

Cachoeiras:

A região de Itacaré é rica em rios e cachoeiras. O Rio de Contas, que nasce na Chapada Diamantina e deságua no mar perto da cidade, representa o maior curso de água do município. Ele é navegável sobre uma distância de 20 km, até o povoado de Taboquinhas, distrito de Itacaré, onde se encontra uma das mais belas cachoeiras da região. Cachoeiras não faltam em Itacaré. As maiores são a Pancada Grande e a do Tijuipe. A mais freqüentada é a cachoeira do Cleandro, perto do Rio de Contas e da cidade. Mas existem muitos outros rios e cachoeiras, de todos os tamanhos, que podem ser encontrados passeando pelas trilhas da serra

Localização:

Itacaré está localizada na Costa do Cacau, no Estado da Bahia, a 440 km ao sul de Salvador, 70 km ao norte de Ilhéus. É em Itacaré que deságua o Rio de Contas, que vem da Chapada Diamantina.

O clima é tropical. As temperaturas variam entre 25°C e 30°C, mas podem chegar aos 40°C durante o verão (de dezembro a fevereiro). O sol é companhia o ano todo, mas as chuvas são mais freqüentes durante o inverno (de maio a agosto).

Como chegar:

Aéreo - O aeroporto mais perto de Itacaré fica em Ilhéus (IOS). O aeroporto internacional mais próximo é o de Salvador (SSA). O aeroporto de Ilhéus atualmente é servido por vôos diários originários das principais cidades do País.

Rodoviário - O acesso é pela BA-001, a nova estrada de asfalto que liga diretamente Ilhéus a Itacaré seguindo o litoral. Pode-se alugar um carro no aeroporto de Ilhéus. Vários ônibus saem diariamente de Ilhéus para Itacaré pela companhia Rota. A viagem dura no máximo 1h40

veja também