Destinos do Brasil: Lagoa Santa.

Destinos do Brasil: Lagoa Santa.

Atualizado: Terça-feira, 26 Abril de 2011 as 10:16

Lagoa Santa se tornou conhecida pela descoberta dos primeiros restos do homem americano, da raça de Lagoa Santa, que viveu na região há 25 mil anos.

Entre as personalidades, está o cientista dinamarquês Peter Lund, que morou na cidade mais de 40 anos e marcou época com suas descobertas. Suas pesquisas resultaram num rico catálogo compondo aproximadamente 120 espécies de fósseis e 94 de fauna somente das grutas. Sua coleção com mais de 14 mil peças ósseas foi enviada para a Dinamarca. O bairro Lundicéia, onde o estudioso morou e morreu, tornou-se um dos pontos turísticos.

A maior atração turística da cidade é a Gruta da Lapinha, que atinge uma profundidade de 40 m e possui extensão de 511 m. Só quem a visita compartilha da exclamação do cientista: ""Nunca meus olhos viram coisa tão bela e magnífica nos domínios da natureza e da arte"", disse Lund quando encontrou a gruta em 1835.

Outro lugar que vale a pena ser visitado em Lagoa Santa é o Morro do Cruzeiro, o ponto mais alto da cidade, de onde se avista a lagoa, as serras e uma parte de Belo Horizonte.

Na cidade, o turista sentirá a religiosidade do povo e vai se admirar com as singelas igrejas, caminhar e observar os relevos da localidade e se deliciar com a comida mineira

Lagoa Santa se tornou conhecida pela descoberta dos primeiros restos do homem americano, da raça de Lagoa Santa, que viveu na região há 25 mil anos.

Entre as personalidades, está o cientista dinamarquês Peter Lund, que morou na cidade mais de 40 anos e marcou época com suas descobertas. Suas pesquisas resultaram num rico catálogo compondo aproximadamente 120 espécies de fósseis e 94 de fauna somente das grutas. Sua coleção com mais de 14 mil peças ósseas foi enviada para a Dinamarca. O bairro Lundicéia, onde o estudioso morou e morreu, tornou-se um dos pontos turísticos.

A maior atração turística da cidade é a Gruta da Lapinha, que atinge uma profundidade de 40 m e possui extensão de 511 m. Só quem a visita compartilha da exclamação do cientista: ""Nunca meus olhos viram coisa tão bela e magnífica nos domínios da natureza e da arte"", disse Lund quando encontrou a gruta em 1835.

Outro lugar que vale a pena ser visitado em Lagoa Santa é o Morro do Cruzeiro, o ponto mais alto da cidade, de onde se avista a lagoa, as serras e uma parte de Belo Horizonte.

Na cidade, o turista sentirá a religiosidade do povo e vai se admirar com as singelas igrejas, caminhar e observar os relevos da localidade e se deliciar com a comida mineira

Situada na bacia média do Rio das Velhas. A região é formada por planaltos com relevos pouco acentuados, altitude média de 800 m, clima tropical e temperatura média anual de 22°C. A cidade se localiza na zona turística mineira central, pertencente ao Circuito das Grutas.

Como chegar:

Rodoviário - distante 41 km de Belo Horizonte, por estrada pavimentada

veja também