Em Chicago, até o rio fica verde para o feriado irlandês de São Patrício

Em Chicago, até o rio fica verde para o feriado irlandês de São Patrício

Atualizado: Segunda-feira, 15 Março de 2010 as 12

Neste sábado (13), Chicago se prepara para um evento que já acontece há 49 anos. Às 10h45 da manhã, pequenos barcos percorrerão o trecho principal do rio Chicago, entre as ruas Michigan e Columbus, e jogarão uma substância que o deixará com um verde vivo, típico dos trajes irlandeses. O rio permanecerá verde por algumas horas, enquanto uma parada acontece na mesma região em comemoração ao dia de São Patrício, ou Saint Patrick's Day, em inglês. O evento ocorre sempre no sábado anterior ao dia 17 de março, dia de São Patrício.

Desde 1961 um comitê privado realiza a pintura do rio. A substância usada no processo é um grande segredo "comparável à fórmula da Coca-Cola", brinca o comitê. Segundo os organizadores até um leprechaun, figura mítica do duende irlandês, está envolvido na fabricação da tinta. Mesmo assim, eles garantem que não há na fórmula nenhum produto que cause algum problema ambiental. Para assistir à parada, o ideal é chegar à avenida Columbus perto do meio-dia, horário de início. Já para ver o rio sendo pintado, o ideal é ficar na esquina das avenidas Wacker e Michigan às 10h45.

Desde os tempos de Al Capone

Os irlandeses são a maior comunidade de imigrantes de Chicago, com 201 mil habitantes, seguida por alemães (200 mil), poloneses (180 mil) e italianos (96 mil). A cidade, conhecida pela máfia italiana que dominava o lado norte, da qual Al Capone já foi o manda-chuva, possuia também uma máfia irlandesa no lado sul. Durante a primeira metade do século 20, Chicago era dominada pelas duas comunidades, que viviam em guerra. A história fica bastante clara na geografia da cidade, com o verde irlandês nas casas e bares do lado sul e as cantinas italianas no lado norte.

A comunidade irlandesa está bem mais pacífica nos dias de hoje - assim como a italiana, claro - e comemora o dia de seu padroeiro com toda a pompa. São Patrício nasceu britânico e foi levado ainda adolescente como escravo para a Irlanda, mas escapou e entrou para a igreja, retornando ao país no qual foi escravizado, agora como bispo.

Tudo verde

Assim como o rio Chicago, tudo fica verde no dia 17 de março em razão do símbolo mais clássico de São Patrício, o trevo de três folhas. Ele era usado pelo santo para explicar como a Santíssima Trindade reunia três deuses em um. Com o tempo, a celebração religiosa foi saindo do foco principal das comemorações, mas a cor verde se manteve e virou a cor oficial do país. Comemorações no mundo todo, principalmente na Irlanda e nos Estados Unidos, são regadas a muita cerveja - geralmente a Guinness, típica irlandesa.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também