Embarcações resgatadas no Paraná podem virar atração turística

Embarcações resgatadas no Paraná podem virar atração turística

Atualizado: Quinta-feira, 20 Agosto de 2009 as 12

Um resgate atípico, de embarcações que naufragaram longe do mar no interior do país, revelou curiosidades históricas.

Mergulhadores encontraram os barcos por acaso no Rio Paraná, a cerca de 30 quilômetros de Porto Rico (PR). A notícia correu e um empresário organizou o resgate.

As embarcações estavam lado a lado, a 8 metros de profundidade. Dentro estavam talheres, cintos, fivelas, ossadas e muita munição.

São carcaças diferentes com mais ou menos 17 metros de comprimento, quatro de largura, marcas de tiros e alguns mistérios. Segundo historiadores, as embarcações teriam naufragado em 1924, durante um combate na chamada revolta dos tenentes paulistas.

Os barcos, ainda de acordo com os especialistas, desciam o Rio Paraná lotados de soldados revoltosos. A missão era conquistar a região de Guaíra, importante ponto comercial na época. Em um pedaço do rio, tropas federais teriam surpreendido e bombardeado as embarcações.

Agora, as peças vão para um museu e os barcos, para a oficina.

Se a restauração der certo, os dois barcos voltarão para o batente, mas com uma nova missão: levar turistas e um pedaço da história pelas águas do Rio Paraná.

veja também