Empregados de aeroportos anunciam paralisação para quinta-feira

Empregados de aeroportos anunciam paralisação para quinta-feira

Atualizado: Terça-feira, 18 Outubro de 2011 as 8:40

Contrários à concessão dos aeroportos para a iniciativa privada, funcionários dos terminais de Guarulhos (SP) e de Brasília aprovaram nesta segunda-feira, em assembleias, uma paralisação por 48 horas a partir de zero hora de quinta-feira, informou a direção do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina).

Segundo o secretário de imprensa do sindicato, Jorge Antonio dos Santos Luiz, na terça-feira será a vez de os funcionários da Infraero no aeroporto de Viracopos (SP) decidirem se vão aderir ao movimento.

Segundo ele, se o protesto tiver 100% de adesão e conseguir fechar os três  aeroportos, cerca de 70% do sistema aéreo brasileiro pode ser atingido.

Os funcionários ligados ao Sina correspondem basicamente à equipe da Infraero nos aeroportos, e cuidam de setores como os pátios de aeronaves, manutenção e cargas.

Ligado à Central Única dos Trabalhadores (CUT), o Sina  questiona as regras propostas para a concessão.

Entre outras reivindicações, eles querem garantir um período maior de estabilidade no emprego para os funcionários da Infraero após a concessão. Segundo o Sina, a proposta atual do governo é de um ano de estabilidade.

O governo quer licitar até o fim do ano as concessões de Guarulhos, Viracopos e Brasília. A estatal Infraero, porém, continuará com 49% de participação em cada aeroporto e já anunciou que pretende dar uma fatia de suas ações para os funcionários.

veja também