Empresários voltam para a sala de aula na Bahia

Empresários voltam para a sala de aula na Bahia

Atualizado: Terça-feira, 1 Setembro de 2009 as 12

''O empresário tem que sair da sala de trabalho e vir para a sala de aula. É importante que o gestor também se qualifique e não apenas o seu funcionário. A capacitação vai abrir a cabeça do empresário para que ele veja outros potenciais turísticos da Bahia, que vão além das praias e do carnaval''. A afirmação é da empresária Kika Carvalho, dona da Tempo Livre Viagens e Turismo, que participa do Seminário Turismo com Qualidade, em Salvador.

De acordo com o coordenador da Carteira de Economia Criativa e responsável pelos projetos de turismo no Sebrae Bahia, Richard Alves, o Seminário faz parte do Programa de Qualificação Empresarial do Turismo, realizado pela Secretaria de Turismo do Estado da Bahia e tem o Sebrae como parceiro executor.

Segundo ele, cada evento tem quatro horas de duração e será realizado ainda em Arembepe, Lauro de Freitas, Guarajuba, Praia do Forte, Imbassai, Itaparica, Veracruz e Cachoeira. São 14 seminários, que começaram no dia 25 de agosto, em Lauro de Freitas, e vai até o dia 4 de setembro na cidade de Cachoeira.

''O objetivo dos seminários é discutir os desafios na gestão dos negócios turísticos e ainda sensibilizar empresários quanto à importância da profissionalização da gestão dos serviços'', ressalta Richard.

Agenda

No seminário de Salvador, que acontece nesta terça (2) na sede da Abav, a empresária Kika Carvalho também disse estar confiante na formação do Clube da Excelência no Turismo dos empresários de Salvador, que será uma oportunidade de trocar idéias com outros empresários e enxergar nele um parceiro. 

O programa de Qualificação Empresarial do Turismo vai financiar a formação de 12 clubes da Excelência no Turismo com 30 empresários cada um. No Clube o empresário terá gratuitamente capacitações nas áreas de liderança, estratégias e planos, valorização das pessoas, foco no cliente, gestão de processos para resultados e responsabilidade social. Além das capacitações os empresários ganham uma consultoria, participam do Programa Empretec e na formação de uma Central de Negócios, que oferece aos empresários a possibilidade de comprar e vender conjuntamente.

Os 12 clubes da excelência no turismo são divididos em quatro na cidade de Salvador, setorizados em agências de viagens, restaurantes, hospedagem e transporte, além de um clube em cada uma das regiões de Itaparica, Cachoeira e Vera Cruz (no Recôncavo) e em Lauro de Freitas, Arembepe, Guarajuba, Praia do Forte e Imbassaí, no Litoral Norte.

Durante a abertura do evento, o consultor do Sebrae e do Programa de Certificação do Turismo Sustentável, Fernando Amaral, disse que o seminário conscientiza os empresários para a importância da qualificação. Fernando lembrou que uma pesquisa recente do Sebrae mostrou que a falta de conhecimento do seu negócio é um principais motivos que leva os empresários a fecharem as portas.

''Não adianta o empresário querer apenas qualificar seus funcionários. Ele também tem que se qualificar e se atualizar porque se ele não comprar a idéia de nada adianta investir no seu funcionário. A educação continuada ajuda a inspirar sua equipe. Queremos aqui formar líderes e não chefes ou donos de negócios'', destaca o consultor.

veja também