Explore a natureza além de Orlando

Explore a natureza além de Orlando

Atualizado: Sexta-feira, 27 Agosto de 2010 as 10:14

Em 2009, segundo dados oficiais, 890 mil brasileiros foram aos EUA e, pela ordem, as cidades mais visitadas por esses turistas foram Miami, Orlando e, em terceiro lugar, a metrópole de Nova York.

Mas, apesar das duas primeiras localidades dessa lista ficarem no Estado da Flórida, a Flórida Central, no meio da península e perto de Orlando, é quase inexplorada por viajantes saídos do Brasil.

Com florestas, rios e pântanos, pontilhada por 554 lagos e 133 parques naturais, a região do condado de Polk tem laranjais, ranchos e fazendas de gado --e dista menos de uma hora de carro pela rodovia I-4 a partir de Orlando (a oeste) ou de Tampa (a leste).

E encerra muitos atrativos naturais e culturais praticando preços ainda mais módicos que outras cidades mais propriamente turísticas da Flórida.

Assim, depois de visitar Orlando e os megaparques temáticos --Magic Kingdom, Epcot, Animal Kingdom e Hollywood Studios, todos da Disney; o Universal Studios e o Islands of Adventure, da Universal; o SeaWorld, o Aquatica e o Discovery Cove--, vale alugar um carro para ver o que há por trás das atrações mais conhecidas.

LADO SELVAGEM

Para ver a geografia real do entorno de Orlando, cuja transformação se deve à audácia de Walt Disney (1901-1966) e à implantação de seus megaparques a 30 km a sudoeste da cidade, perto do lago Buena Vista, a partir de 1971, um bom começo é passear de balão.

O tour começa ao amanhecer com um transfer a partir do hotel e descortina o ecossistema, os lagos, as estradas e os campos de golfe.

Para além disso, a viagem exige o aluguel de carro. Apesar de as estradas serem sinalizadas, vale pedir veículo com GPS.

Já em plena estrada, informações podem ser obtidas no centro de visitantes Polk Outpost 27, na estrada Highway 27, cerca de 1 km ao sul da rodoviaI-4, na saída 55.

Na lista recomendada, estão a torre Bok; os prédios inspirados em projetos de Frank Lloyd Wright (1869-1959) do campus do Southern Florida College, em Lakeland; e o museu de aviação Fantasy of Flight, com aeronaves das duas Guerras Mundiais e um quadrimotor turboélice Constellation.

Prestes a abrir no local onde ficava o parque Cypress Gardens, haverá a atração Legoland, em Winter Haven, indicada para crianças.

Ainda nos arredores de Orlando, mas fora do condado de Polk, o Kennedy Space Center é visitado por 2 milhões de pessoas ao ano.

É um misto de local de lançamento de foguetes e atração para aficionados da conquista espacial. Ele fica perto do porto Canaveral, a 45 minutos de carro de Orlando.

Quem gosta de antiguidades encontra na av. Broadway, em Kissimmee, perto do rio homônimo, uma cidade pacata e com esculturas públicas.

O lugar não tem atrativos para crianças nem agito, mas, considerada uma "capital do gado", por causa de issimmee a Flórida só perde para o Kentucky entre os Estados do sul dos EUA no quesito criação de gado.

Em diversos locais do Estado, há passeios de barco movido a hélice que mostram jacarés e pássaros.

Por: Silvio Cioffi

veja também