Feira itinerante apresenta atrativos turísticos pernambucanos

Feira itinerante apresenta atrativos turísticos pernambucanos

Atualizado: Quarta-feira, 10 Junho de 2009 as 12

O trade pernambucano está viajando o Brasil com o objetivo de capacitar os vendedores das principais operadoras e agências turísticas do país a oferecer os atrativos turísticos do Estado. O trabalho é realizado através do programa Vivendo Pernambuco, que possui, dentre outras ações, uma feira itinerante que foi aberta, oficialmente, em Salvador, na noite de segunda-feira, 8 de junho, e contou com a participação de cerca de 200 agentes de viagens baianos e representantes do setor no Estado.

Eles foram apresentados aos principais atrativos do estado e as estratégias de marketing utilizadas pelo trade. O São João do estado é o foco do evento, que foi seguido por um coquetel de pratos típicos e apresentações musicais tradicionais.

De Salvador, o evento segue para Aracajú (SE), Fortaleza (CE), Natal (RN) e Maceió (AL). Até o final do ano, o programa vai percorrer 14 cidades brasileiras.Para os organizadores do evento, que é uma iniciativa da Secretaria de Turismo do Estado, em parceria com o Recife Convention & Visitors Bureau, o encontro também apresenta ótimas oportunidades de negócios. "Aqui conseguimos fechar contratos e parcerias que nos rendem negócios por todo o ano", explicou o diretor do Recife Praia Hotel, Miguel Francisco. Segundo ele, o primeiro ano da feira resultou no crescimento do número de visitantes ao estado no período da baixa estação, que registrou entrada de cerca de 70 mil turistas.

Crescimento que se reflete no número de pousos e decolagens do Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes - Gilberto Freyre, que registrou aumento da demanda em torno de 14%. Segundo a diretora executiva do Recife Convention, Tatiana Menezes, o aeroporto foi o único que registrou crescimento nos meses de janeiro e fevereiro deste ano. "E isso é resultado desta promoção", afirmou.

O Estado de Pernambuco também vem registrando crescimento no turismo de negócios. Investimentos no complexo Suape, nos pólos de saúde, de informática e têxtil são responsáveis pelos números. Segundo o secretário de Turismo de Pernambuco, Silvio Costa Filho, o cenário é extremamente favorável para o turismo. "Para os próximos anos, esperamos crescimento em torno de 15%", concluiu.

veja também