Feiratur quer explorar potencial do turismo rural em SP

Feiratur quer explorar potencial do turismo rural em SP

Atualizado: Sexta-feira, 21 Agosto de 2009 as 12

Aberta na manhã desta sexta-feira, 21 de agosto, no parque da Água Branca, na capital paulista, a 6ª Feira Nacional de Turismo Rural pretende explorar o potencial do turismo rural no Estado de São Paulo, apresentando essas opções aos cerca de 45 mil visitantes que deverão passar pelo evento até o próximo domingo. A expectativa de retorno dos três dias de eventos é de 30% dos R$ 420 milhões anuais investidos no segmento."São Paulo tem um potencial muito grande para o turismo rural, principalmente em relação à parte econômica", disse Luiz Flaviano Furtado, coordenador de Turismo da Selt (Secretaria de Esportes, Lazer e Turismo do Estado de São Paulo. Uma das expectativas da pasta é divulgar esses destinos e comercializá-los junto aos paulistanos, que são o maior mercado emissor de turistas do País. "Precisamos vender essa parte para que os paulistanos conheçam o interior de São Paulo. Através de feiras como esta poderemos fazer com que o turismo no Estado se desenvolva", completou Furtado.

A comercialização desses roteiros rurais também foi ressaltada por Andréia Roque Arantes, presidente do Idestur (Instituto de Desenvolvimento do Turismo Rural), que citou a recém-fechada parceria do órgão com a Abav-SP, a aproximação com a Braztoa e o acordo com o Sebrae para a execução de uma rodada de negócios, além das rodadas comerciais do balcão rural. "Existem produtos que estão abertos para trabalhar com operadoras e outros que não. Nossa proposta com o Sebrae é semelhante à realizada no Salão do Turismo. Tomara que ela dê certo, não se limitando a ser somente mais uma atividade da feira", falou Andréia.

veja também